Dados otimistas dos EUA pressionam o AUD

Dados otimistas dos EUA pressionam o AUD

AUD_USDH4_05.png

Visão Fundamentalista e técnica:

O par AUD / USD vinha sendo negociado em torno de 0,7060, o menor desde 12 de fevereiro, quando atingiu 0,7050. Houve uma leve recuperação durante a sessão americana, onde se encontra ao preço de 0.7081.

A divulgação dos dados econômicos dos EUA saiu melhor que o esperado. O PMI ISM Não-Manufatura registrou 59,7 pontos, contra 57,3 esperado, muito acima de 56,7 registrado em janeiro. Já as vendas de Casas Novas subiram, em dezembro, para 621 mil contra os 599 mil em novembro.

O RBA deixou as taxas de juros como esperado. O governador do RBA, Phillip Lowe, fará um discurso mais tarde, seguido pela publicação do PIB, as 21:30 h (horário de Brasília).

No gráfico de quatro horas o AUD / USD está sendo negociado abaixo das 50, 100 e 200 Médias Móveis Simples. O suporte imediato do par aguarda na baixa recente de 0,7060, que, se rompido, abriria a porta para buscar regiões mais baixas.

Já no lado positivo, a resistência está em 0,7090, que apoiou o par no início de março, embora, com a divulgação do PIB australiano, as expectativas iniciais por uma alta sejam pouco desanimadoras.

Deposite com sistemas de pagamento locais

Ligue de volta

Um gerente ligará para você em breve.

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Um gerente ligará para você em breve.

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde

Livro de Forex para Iniciantes

O livro de câmbio para iniciantes vai guiar você pelo mundo do trading.

Livro de Forex para Iniciantes

As coisas mais importantes para começar a negociar
Insira seu e-mail e nós vamos lhe mandar um guia Forex gratuito

Obrigado!

Nós enviamos um link especial para o seu e-mail.
Clique nesse link para confirmar seu endereço e receber um guia Forex para iniciantes gratuito.

Você está usando uma versão antiga de seu navegador.

Atualize para a versão mais recente ou experimente outro navegador para uma experiência comercial mais segura, confortável e produtiva.

Safari Chrome Firefox Opera