Disputa comercial EUA-China no olho do furacão anima ursos

Disputa comercial EUA-China no olho do furacão anima ursos

EURU_SDH4_14.png

Como postamos no artigo do dia 11/06/2019, em que os mercados esperavam uma resposta para o par EUR/USD, parece que ela chegou. No artigo citado, falamos que só uma força adicional poderia levar o par a regiões mais altas, e que diante dos dados na zona do euro, não havia uma luz no fim do túnel, pois a probabilidade maior seria uma continuação da correção dessa alta a curto prazo, fato que se confirmou a partir de quarta-feira (12) e se estendeu por toda esta quinta-feira (13).

Touros e ursos brigam abaixo da região de 1,1300 e o conflito comercial EUA-China permanece em meio aos principais fatores, juntamente com as expectativas de um corte nas taxas pelo Federal Reserve, isso sem contar com as promessas claras do presidente dos EUA, Donald Trump, que diz não ter prazo para fazer um acordo com a China, e que mais tarifas estão por vir.

Logo mais teremos, como principais dados a serem divulgados, a inflação por atacado da Alemanha, as vendas no varejo dos EUA e alguns dos principais indicadores da China (vendas no varejo e produção industrial).

Tecnicamente falando, o EUR/USD vem sendo negociado abaixo da SMA de 20 e 50 períodos, onde no gráfico de 4 horas, já se observa a média de 20, dando um tom de força aos ursos, que levaram o preço à mínima de 1,1268, antes de uma leve recuperação.

Os indicadores técnicos RSI e Momentum passaram das leituras em terreno neutro a ligeiramente pessimistas no gráfico citado.

Do lado negativo, uma quebra do apoio em 1,1260 poderia estender esse rali e buscar a região 1,1225, pois no gráfico diário, embora a imagem permaneça tendendo para o lado positivo, o par começou a perder potencial ascendente.

Pelo lado positivo, se o par conseguir recuperar a área de 1,1300, poderá aliviar a pressão imediata e fazer um reteste na zona de 1,1350, principal resistência a curto prazo, possibilidade não descartada visto os últimos resultados macroeconômicos americano.

Últimas notícias

Euro: inflação aumenta para 1,9%

A taxa anual de inflação na zona do euro aumentou para 1,9% em abril, de 1,5% registrado no mês anterior, de acordo com um relatório publicado pelo Eurostat na quarta-feira. Em toda a União Europeia, a inflação subiu para 2% em abril em comparação com 1,6% em março.

eur
A confiança dos investidores sobe na zona euro

A opinião do mercado sobre as atuais condições econômicas na Zona Euro melhorou em junho, de acordo com o Índice de Confiança do investidor publicado pela Sentix nesta terça-feira. O indicador subiu para 28,4 este mês, de 27,4 registrado em maio, superando as expectativas dos analistas.

eur

Deposite com sistemas de pagamento locais

Ligue de volta

Um gerente ligará para você em breve.

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Um gerente ligará para você em breve.

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde

Livro de Forex para Iniciantes

O livro de câmbio para iniciantes vai guiar você pelo mundo do trading.

As coisas mais importantes para começar a negociar
Insira seu e-mail e nós vamos lhe mandar um guia Forex gratuito

Obrigado!

Nós enviamos um link especial para o seu e-mail.
Clique nesse link para confirmar seu endereço e receber um guia Forex para iniciantes gratuito.

Você está usando uma versão antiga de seu navegador.

Atualize para a versão mais recente ou experimente outro navegador para uma experiência comercial mais segura, confortável e produtiva.

Safari Chrome Firefox Opera