Ouro recuperando máximas recentes

Ouro recuperando máximas recentes

XAU_USDH1_03.png

 Análise Técnica e Fundamentalista.

 

Os preços do ouro voltaram a subir nessa terça-feira (03), impulsionado pelos temores de um Brexit sem acordo e um ligeiro aumento dos riscos da guerra comercial. O preço do metal amarelo subiu de uma baixa de US $ 1.521 para uma alta de US $ 1.549,73. 

Com o crescente pessimismo sobre o crescimento global como um todo e as perspectivas de uma recessão importada para a economia americana, pois os dados de hoje dos EUA no ISM são uma medida-chave do que o mercado pode usar para avaliar a economia e vem alimentando esse pessimismo.

No gráfico de 1 hora, podemos observar o rally consistente do ouro em terreno positivo e seus preços estão sendo negociados acima das principais médias no gráfico citado, embora os indicadores técnicos já apresente sinais de exaustão, refletido no gráfico.

Após atingir a máxima recente, vista pela última vez em agosto deste ano, o par começa a apresentar força para ir além da marca registrada, mas com a tendência ao agravamento dos riscos, é bem provável que após esse período de contração, o metal precioso possa ganhar força adicional e buscar uma nova máxima em U $ 1740,00.

No momento o par vem sendo negociado na região de U $ 1544.50, região e apoio imediato.

Deposite com sistemas de pagamento locais

Ligue de volta

Um gerente ligará para você em breve.

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Um gerente ligará para você em breve.

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde

Livro de Forex para Iniciantes

O livro de câmbio para iniciantes vai guiar você pelo mundo do trading.

Livro de Forex para Iniciantes

As coisas mais importantes para começar a negociar
Insira seu e-mail e nós vamos lhe mandar um guia Forex gratuito

Obrigado!

Nós enviamos um link especial para o seu e-mail.
Clique nesse link para confirmar seu endereço e receber um guia Forex para iniciantes gratuito.

Você está usando uma versão antiga de seu navegador.

Atualize para a versão mais recente ou experimente outro navegador para uma experiência comercial mais segura, confortável e produtiva.

Safari Chrome Firefox Opera