Sólido relatório de empregos faz dólar subir

Sólido relatório de empregos faz dólar subir

AUDUSD07.png

O dólar subiu na sexta-feira (07), com o crescimento do emprego nos Estados Unidos em agosto. Mas, os comerciantes continuaram preocupados com um possível aumento do conflito comercial EUA-China, com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçando a China com mais tarifas.

O crescimento do emprego nos Estados Unidos acelerou em agosto e os salários aumentaram mais. Este é o maior aumento anual em mais de nove anos, segundo informou o Departamento do Trabalho dos EUA. Fica cada vez mais claro que a economia resistiu, até agora, à crescente guerra comercial do governo Trump com a China.

O Federal Reserve ( FED) deve continuar elevando as taxas de juros dos Estados Unidos à luz do relatório de empregos forte de sexta-feira, disse o presidente do Fed de Dallas, Robert Kaplan, na sexta-feira.

O caminho de curto prazo do dólar seria ditado por medidas de que o governo Trump assuma nas tarifas de comércio.

O ambiente atual favorece o dólar americano como porto seguro. Se a retórica da guerra comercial continuar, poderemos presenciar a materialização dos US $ 200 bilhões em tarifas sobre produtos chineses

Enquanto isso, o dólar australiano caiu em relação ao dólar americano, após dados de crédito imobiliário fraco e as tensões relacionadas ao comércio que continuam a pressionar as moedas ligadas a commodities.

Após a quebra de uma consolidação no gráfico semanal que durou oito semanas, o dólar ganhou força nas últimas duas semanas, rompendo uma zona de suporte em 0.71470, podendo buscar como alvo as regiões de preços entre 0.70180 e 0.68260.

Semelhante

Últimas notícias

A confiança dos investidores sobe na zona euro

A opinião do mercado sobre as atuais condições econômicas na Zona Euro melhorou em junho, de acordo com o Índice de Confiança do investidor publicado pela Sentix nesta terça-feira. O indicador subiu para 28,4 este mês, de 27,4 registrado em maio, superando as expectativas dos analistas.

eur
Euro: inflação aumenta para 1,9%

A taxa anual de inflação na zona do euro aumentou para 1,9% em abril, de 1,5% registrado no mês anterior, de acordo com um relatório publicado pelo Eurostat na quarta-feira. Em toda a União Europeia, a inflação subiu para 2% em abril em comparação com 1,6% em março.

eur

Deposite com sistemas de pagamento locais

Ligue de volta

Um gerente ligará para você em breve.

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Um gerente ligará para você em breve.

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde

Livro de Forex para Iniciantes

As coisas mais importantes para começar a negociar
Insira seu e-mail e nós vamos lhe mandar um guia Forex gratuito

Obrigado!

Nós enviamos um link especial para o seu e-mail.
Clique nesse link para confirmar seu endereço e receber um guia Forex para iniciantes gratuito.

Você está usando uma versão antiga de seu navegador.

Atualize para a versão mais recente ou experimente outro navegador para uma experiência comercial mais segura, confortável e produtiva.

Safari Chrome Firefox Opera