Até onde vai o mercado de ursos na bolsa americana?

Até onde vai o mercado de ursos na bolsa americana?

2022-07-04 • Atualizado

A economia está à beira de uma recessão, sofrendo com inflação alta e juros altos. Isso corrói os salários, enfraquece a confiança do consumidor e pode gerar demissões nas empresas. Com todas essas tensões, a bolsa tombou e entrou em um mercado de ursos.

A bolsa americana fechou seu pior primeiro semestre em mais de 50 anos, graças à tentativa do Federal Reserve de controlar a inflação e aos crescentes temores em relação a uma recessão e ao crescimento global. Como ficam agora as ações americanas? Será que vai haver uma retomada no segundo semestre de 2022?

O S&P 500 fechou o primeiro semestre de 2022 em um clima ruim, amargurando mais de 20,6% de queda. A última vez que Wall Street teve um semestre tão ruim assim foi em 1970, quando a bolsa registrou um forte sell-off em uma recessão que pôs fim ao que era até então o mais duradouro período de expansão econômica na história dos Estados Unidos.

O índice Nasdaq, em que o setor tecnológico participa com peso, já recuou quase 30% desde o começo de 2022. A forte queda da bolsa americana desfez mais de US$ 9 trilhões em valor de mercado desde o fim de 2021, de acordo com os dados da Bloomberg para o índice S&P 500.

S&P500.png

Por que a bolsa americana entrou em um mercado de ursos?

1. A inflação é o principal tema do ano. Suas graves consequências já alcançaram toda a economia.

2. O Fed demonstrou letargia e teimosia quanto ao combate à alta da inflação, mesmo apesar dos vários alertas de que a alta dos preços não seria passageira e iria durar.

3. O humor pessimista e o clima desfavorável estão dominando o mercado, tendo em vista a crescente possibilidade de uma recessão nos EUA e na Europa.

4. O crescimento econômico ficou dependente do expansionismo monetário dos bancos centrais. Somam-se a isso a incapacidade dessas instituições de aplicar o aperto monetário e subir os juros na hora certa e a incapacidade de controlar a inflação.

5. A sequência de aumentos aplicados aos juros foi tão brusca que confundiu o mercado.

6. O Fed insiste em continuar a subir os juros para combater a inflação, apesar dos possíveis riscos à economia, mesmo que isso provoque uma recessão.

O que espera o mercado de ações na segunda metade de 2022?

A bolsa vem passando por dificuldades desde que entrou no território dos ursos, em junho. A história mostra que a rapidez da queda do mercado neste ano pode ser um sinal positivo, pois as ações estarão em boa posição para uma retomada caso a economia consiga escapar de uma forte desaceleração ou recessão.

A boa notícia é que o mercado de touros mais recente precisou apenas de 161 dias para cair de seu pico e recuar 20%, em comparação com a média de 245 dias dos demais mercados de ursos.

Se o Fed conseguir evitar a recessão, tal como feito na época da bolha da internet (2000–2002) e na crise global (2008–2009), o atual mercado de ursos pode em breve atingir seu ponto de mínimo. O fim deste mercado de ursos vai depender do ritmo de queda da inflação, que, por sua vez, vai definir por quanto tempo o Fed vai apostar nas altas dos juros e quando vai parar.

Qual é o cenário para o índice S&P 500?

Se o Fed conseguir controlar a inflação nos próximos meses, o mercado vai se estabilizar e se acalmar. Se o Fed não conseguir isso, este mercado de ursos vai ser apenas o começo de algo maior.

Caso a inflação faça um “pouso suave” e a temporada de lucros indique estabilidade, projetamos o S&P 500 fechando o ano na faixa dos 3.900–4.200 pontos. Se os lucros das empresas caírem nos próximos dois trimestres e a economia entrar em recessão, o S&P 500 pode ir abaixo dos 3.300 pontos.

ENTRAR

Semelhante

As melhores ações para comprar em abril! 
As melhores ações para comprar em abril! 

O mês de abril começa e os investidores buscam boas oportunidades no mercado de ações. Há dois setores em franco crescimento que devem ter bom desempenho neste próximo período: ações de empresas de veículos elétricos (EVs) e ações do setor bancário.

Últimas notícias

PMIs da S&P Global e do ISM são aguardados
PMIs da S&P Global e do ISM são aguardados

Espera-se que o PMI não manufatureiro nos Estados Unidos deve ser de 53,00, menor do que o do mês anterior, porém diferentemente dos PMIs da S&P Global, os do ISM, ainda estão dentro de território de expansão, acima dos 50.0

As NFP poderão traçar o destino do dólar
As NFP poderão traçar o destino do dólar

Os EUA publicarão os dados do mercado de trabalho para novembro. Prevê-se que as folhas de pagamento não-agrícolas (NFP) diminuam em 30.000 mil, após o crescimento de 261.000 em outubro

Deposite com sistemas de pagamento locais

Sinta o espírito de equipe

Aviso de coleta de dados

A FBS mantém registros de seus dados para operar este site. Ao pressionar o botão “Aceitar“, você concorda com nossa Política de Privacidade.

Ligue de volta

Um gerente ligará para você em breve.

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Um gerente ligará para você em breve.

O próximo pedido de chamada para este número de telefone
estará disponível em

Se você tiver um problema urgente, por favor, fale conosco pelo
Chat ao vivo

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde

Não perca seu tempo. Acompanhe o impacto das NFP no dólar dos EUA e ganhe dinheiro!

Livro de Forex para Iniciantes

O livro de câmbio para iniciantes vai guiar você pelo mundo do trading.

Livro de Forex para Iniciantes

As coisas mais importantes para começar a negociar
Insira seu e-mail e nós vamos lhe mandar um guia Forex gratuito

Obrigado!

Nós enviamos um link especial para o seu e-mail.
Clique nesse link para confirmar seu endereço e receber um guia Forex para iniciantes gratuito.

Você está usando uma versão antiga de seu navegador.

Atualize para a versão mais recente ou experimente outro navegador para uma experiência comercial mais segura, confortável e produtiva.

Safari Chrome Firefox Opera