Tendências

Tendências

As tendências podem ser bullish (tendências de alta, otimistas) ou bearish (tendências de queda, pessimistas). Quando um par de moedas fica acima do máximo anterior, forma-se um novo máximo. Quando os preços caem abaixo do mínimo até então, forma-se um mínimo ainda mais baixo. Máximos maiores e mínimos maiores significam que é uma tendência de alta. Máximos menores e mínimos menores indicam uma tendência de queda.

 

 

Como desenhar linhas de tendência corretamente?

As linhas de tendência são uma das mais populares ferramentas de análise técnica. Não desconsidere esse instrumento em favor de ferramentas mais complicadas, pois linhas de tendência podem ser muito úteis para suas negociações.

O principal benefício de desenhar linhas de tendência é que elas deixam o gráfico mais claro, facilitam seu entendimento. Para ter sucesso nas negociações, você deve ser capaz de encontrar informações úteis no gráfico, separando-as de informações inúteis e projetando-as no futuro. Analisar a linha de tendência lhe ajudará a encontrar outras formações e, consequentemente, tomar decisões corretas nas negociações.

É possível desenhar várias linhas de tendência em um só gráfico, mas linhas demais podem deixar você confuso. O objetivo é selecionar as linhas mais evidentes e desenhá-las. Se uma linha de tendência for óbvia, muitos traders, inclusive os grandes especuladores, a perceberão. Logo, são maiores as chances de que essa linha sustente a movimentação de um par de moedas.

Uma linha de tendência tem 2 características:

  1. Um mínimo de 2 interseções com o preço.
  2. Viés (a linha não é horizontal).

Quanto mais vezes o preço tocar a linha de tendência, mais forte esta tendência é. Preste atenção ao ângulo da linha de tendência. Se for menor que 30 graus, a tendência é muito íngreme e instável. É melhor quando o ângulo da tendência excede 45 graus. Em outras palavras, o segundo ponto pelo qual passa a linha que desenhamos deve estar a 20-30 velas de distância do primeiro.

As linhas de tendência podem ser usadas em qualquer intervalo do tempo, mas é melhor se o intervalo no gráfico for maior que M15.

Canais de tendência

Às vezes, você pode clonar e mover a linha de tendência, para que a linha clonada seja paralela à primeira e limite a tendência pelo outro lado e, assim, uma linha atravesse os máximos do par e a outra conecte seus mínimos. Isso se chama um canal de tendência.

Note que a linha principal durante uma tendência de alta é aquela que conecta os mínimos (linha de suporte). Em uma tendência de queda, o foco é na linha que conecta os máximos do preço (linha de resistência). Os canais auxiliam os traders a se orientar dentro de uma tendência.

Lógica do comércio de tendências

Durante a tendência de alta/queda, recomenda-se abrir posições na direção da tendência. Como os traders costumam dizer, uma tendência é sua amiga. Em outras palavras, se o par atingir a linha de suporte durante uma tendência de alta, as chances são que ele sofrerá um recuo para cima e irá rumo à resistência, logo, o suporte da linha de tendência é um bom lugar para abrir posições bullish. Comprar em uma tendência de alta e vender em uma tendência de queda se chama comércio de tendências.

O objetivo é entrar na tendência em uma fase inicial, a fim de obter o máximo de lucros negociando a mesma.

Curso de ação

  1. Determine a tendência com a ajuda de indicadores técnicos e da ação de preço.
  2. Planeje a entrada: comprar no recuo do suporte é menos arriscado do que comprar na quebra da resistência.
  3. Limite prejuízos. Por exemplo, coloque o stop (a parada) abaixo da maior mínima anterior.
  4. Determine o alvo: Take Profit deve exceder Stop Loss.

Lembre-se que negociar contra a tendência é mais arriscado e exige habilidades profissionais e uma vasta experiência em Forex.

Como sabemos se a linha de tendência está quebrada?

Se o par de moedas foi abaixo da linha de suporte em uma tendência de alta, será melhor se a quebra for confirmada por uma das condições a seguir:

  1. O preço fecha 1% abaixo do suporte quebrado da linha de tendência.
  2. O volume - se os dados estiverem disponíveis - está acima da média.
  3. As seguintes velas fecham acima da linha.
  4. Após a quebra para o lado de queda, há uma aglomeração no gráfico intradia (intraday) de volta para a linha quebrada, que está exercendo com sucesso o papel de resistência. Tais aglomerações oferecem um sinal de venda mais forte se elas são formadas durante um período de tempo no qual o volume está abaixo da média.
  5. O tamanho da quebra para o lado de queda é maior que a leitura ATR média. O indicador ATR mede a volatilidade durante um determinado número de últimas velas.

Gestão de riscos no comércio de tendências

  • O comércio de tendências é uma aposta que o preço continuará a se movimentar em uma certa direção. Se a aposta não der certo, não há motivo para continuar com este negócio. Logo, os trend traders geralmente têm ordens Stop Loss muito apertadas (pequenas).
  • Você pode rapidamente mover o Stop Loss para o ponto de equilíbrio.
  • Você pode utilizar scaling in (nos estágios iniciais) e scaling out (nos estágios finais da tendência).
  • A razão risco/recompensa deve começar a partir de 1:2.

Dicas importantes para o comércio de tendências

- Desenhe linhas de tendência.

- Analise a tendência em vários intervalos de tempo.

- Monitore a condição de sobrecompra/sobrevenda do mercado.

- Não tenha pressa para abrir uma posição. Espere um momento de entrada adequado (veja a seção "Curso de ação" acima).

- Procure os padrões: gráfico, castiçal.

- Não altere sua ordem Take Profit.

- Utilize Trailing Stop com base no histórico do gráfico.

Popular

IPC do Reino Unido

O Reino Unido publicará os números do IPC às 11:30, horário MT, em 17 de outubro.

Reunião do BCE

Os traders estão aguardando impacientemente a reunião do Banco Central Europeu no dia 26 de outubro. O órgão publicará sua decisão sobre a política monetária às 14:45, horário MT. O Presidente do BCE, Mario Draghi, fará uma coletiva de imprensa às 15:30, horário MT. 

Reunião RBA

A política do Reserve Bank da Austrália (RBA) é o fator-chave do AUD. O órgão publicará sua decisão de política monetária às 05:30, horário MT, em 7 de novembro. 

Promoções que podem lhe interessar

Deposite com sistemas de pagamento locais

Ligue de volta

Um gerente ligará para você em breve.

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Um gerente ligará para você em breve.

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde