Comissão da UE reduz as previsões de crescimento do PIB na zona do euro

Comissão da UE reduz as previsões de crescimento do PIB na zona do euro

EURUSDH4_07.png

Em suas últimas previsões de crescimento econômico, na quinta-feira, a Comissão Europeia anunciou que reduziu a expectativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) para a zona euro para 1,1% em 2019, ante 1,2% relatado na estimativa anterior.

Este relatório, até o momento, teve pouco ou nenhum impacto no par EUR / USD, que está sendo negociado em 1.1085. Restará por hora aguardar o início dos trabalhos na américa, para mensurar o real impacto dessa notícia.

O par ganhou um punhado de teve uma ligeira alta, saído da região de 1.10530, fazendo a máxima de 1.10900, região que encontrou resistência e vem perdendo amplitude. Uma extensão maior para o lado positivo, pode ocorrer, relacionado ao fraco desempenho do Índice do dólar, e a região mais provável, em caso de uma extensão desse rali, seria em 1,1100.

Por outro lado, a previsão da União Europeia, sobre o crescimento, poderá já desencadear a continuação da queda do EURUSD , em busca da região e 1,10350.

O par no momento, faz um novo teste na resistência de 23,6 da Fibo, porém os indicadores técnicos operam em terreno negativo de acordo com o gráfico de 4 horas.

Semelhante

Últimas notícias

Deposite com sistemas de pagamento locais

Ligue de volta

Um gerente ligará para você em breve.

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Um gerente ligará para você em breve.

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde

Livro de Forex para Iniciantes

O livro de câmbio para iniciantes vai guiar você pelo mundo do trading.

Livro de Forex para Iniciantes

As coisas mais importantes para começar a negociar
Insira seu e-mail e nós vamos lhe mandar um guia Forex gratuito

Obrigado!

Nós enviamos um link especial para o seu e-mail.
Clique nesse link para confirmar seu endereço e receber um guia Forex para iniciantes gratuito.

Você está usando uma versão antiga de seu navegador.

Atualize para a versão mais recente ou experimente outro navegador para uma experiência comercial mais segura, confortável e produtiva.

Safari Chrome Firefox Opera