Mercado altista x baixista: qual é a diferença?

Mercado altista x baixista: qual é a diferença?

2022-02-16 • Atualizado

Mercado altista (de touros)

Os touros atacam seus alvos levantando-os com seus chifres. Os investidores, chamados de “touros”, agem da mesma forma: eles ganham dinheiro com a subida dos preços dos ativos. Assim, mercado altista (ou mercado de touros) é a fase do mercado na qual a maioria dos investidores se comporta dessa forma. Em um mercado altista, a demanda pelos ativos está alta, todos querem comprar alguma coisa, e os preços sobem. A certa altura, os investidores começam a acreditar que isso vai durar para sempre. E então acontece uma profecia autorrealizável: o valor dos ativos continua subindo, não por conta de sucessos nos negócios, mas por conta da fé dos investidores na continuação do crescimento.

Desde a Segunda Guerra Mundial, nos Estados Unidos houve 12 fases desse tipo. A mais recente delas está acontecendo agora — boa parte da economia global vem crescendo com força desde a crise financeira de 2007–2009. Nem mesmo a pandemia de covid-19 foi capaz de derrubar esse mercado altista, o mais duradouro já registrado.

Mercado baixista (de ursos)

Mercado baixista (ou mercado de ursos) é uma fase na qual os preços dos ativos passam um bom tempo em queda. A metáfora dos ursos não é mera coincidência: os ursos derrubam suas vítimas e as estraçalham em seus ataques. Portanto, “ursos” são aqueles investidores que ganham dinheiro com quedas nos preços. 

Não existe definição clara do quanto que os ativos devem desvalorizar para dar início a um mercado baixista. Geralmente, os investidores acreditam que há um mercado baixista quando os preços caem pelo menos 20% em relação aos picos mais próximos e quando esse processo dura mais de dois meses.

Infelizmente, as crises são inevitáveis no ciclo da economia. Não existe razão universal para o que está acontecendo: pode se tratar de uma bolha no mercado, de questões políticas e militares, de desaceleração econômica etc. A queda costuma ser agravada pelos próprios investidores, que primeiro acreditam piamente no sucesso e depois entram em pânico. Esse pânico provoca venda dos ativos, disparo da volatilidade e queda dos preços.

Qual é a diferença entre um mercado altista e um mercado baixista?

Fluxos de capital

O capital flui de ativos de refúgio para ativos de risco em um mercado altista, pois os traders e investidores buscam aumentar seus rendimentos. Analogamente, em um mercado baixista os investidores dão prioridade à proteção de seu capital, deixando de lado os ativos de risco e transferindo seu dinheiro para ativos de refúgio.

Taxas de juros

Mercados altistas costumam vir acompanhados de juros baixos. Isso acontece porque as taxas em baixa barateiam o crédito às empresas e aos investidores de varejo (pequenos investidores). Consequentemente, as empresas conseguem crescer e os investidores de varejo conseguem comprar as ações, levantando mais ainda seu valor.

Desempenho do PIB

Mercados altistas costumam vir acompanhados de alto crescimento do PIB. Já mercados baixistas se correlacionam com baixo crescimento. O crescimento do PIB acelera quando o desempenho das empresas melhora — os funcionários ganham mais e aumentam o ritmo de consumo.

Por outro lado, quando o consumo encolhe, as empresas faturam menos, os investidores vendem as ações e a bolsa começa a ter dificuldades.

O que fazer em um mercado altista?

Os investidores têm uma frase conhecida: “em um mercado em alta, todo mundo é gênio”. Isso é parcialmente verdade, pois é fácil lucrar quando a maioria dos ativos está em alta. Há, porém, uma competição para ver quem rende 10% ou 30% ao ano.

Mas não se esqueça da volatilidade. O mercado pode flutuar e, numa situação assim, fica difícil adivinhar qual foi o ponto mínimo do preço e qual será seu ponto máximo. O trader pode assumir o risco e tentar tirar a sorte grande ou pode ir ganhando aos poucos. Observados os graus de risco e rentabilidade, há algumas estratégias.

Comprar e manter

É a estratégia clássica e também a mais acessível para pessoas comuns. O sentido já se resume no nome: consultar as análises e os indicadores, escolher empresas de valor e estabilidade, comprar suas ações e mantê-las na carteira até que a meta seja atingida, não importando o que acontece no mercado ao longo do processo.

Esta opção é especialmente adequada para investidores que não pretendem realizar seus lucros rapidamente nem viver exclusivamente da renda dos investimentos. A estratégia funciona bem com um planejamento de longo prazo, principalmente em um horizonte de décadas.

Um exemplo: Warren Buffett, um dos investidores de maior sucesso do mundo, comprou ações da Coca-Cola em 1988 e as mantém até hoje. Em 33 anos, esse investimento teve um rendimento de 1.553%, desconsiderados os dividendos.

Comprar na correção (“comprar na baixa”)

Correções no mercado são inevitáveis, independentemente do ritmo de subida apresentado. Correção é um período curto no qual os preços do ativo caem alguns pontos percentuais ou, às vezes, até 15–20%. Os preços costumam se recuperar rapidamente, mas alguns investidores optam por esperar e comprar os ativos justamente nesses momentos, porque em tal caso o rendimento é maior ainda.

Usar a alavancagem

Esta estratégia é utilizada por traders e participantes profissionais do mercado de ações. A ideia é investir, além do seu próprio dinheiro, um valor emprestado pela corretora. Trata-se de um método arriscado. O trader pode estar contando com uma alta de 10–15% na bolsa, mas esta pode acabar avançando apenas 2%. Continua sendo uma operação rentável mesmo assim, mas a relação risco-rendimento é baixa. Seria mais fácil atingir o mesmo resultado comprando títulos.

Como agir em um mercado baixista?

Não entrar em pânico e não vender os ativos

Um mercado baixista não dura para sempre. Chega um dia em que a economia volta a crescer e os ativos voltam a valorizar. Portanto, o melhor é não vender bons investimentos a preço de banana.

As perdas nos gráficos e nos aplicativos das corretoras existem “no papel”. Eles não são reais. O prejuízo de fato vai acontecer só se o investidor vender o ativo e receber na conta menos dinheiro do que investiu. A menos que isso aconteça, o prejuízo não existe.

Além disso, um sell-off (intenso movimento de venda) pode derrubar o mercado por muito tempo. Na crise de 2008, por exemplo, os índices só registraram sua mínima em 9 de março de 2009, mais de um ano depois do começo da recessão. Não vá na onda de investidores medrosos e não saia correndo para vender os ativos.

Finja que apareceu um desconto

Em um mercado baixista, lucros a mais bem são uma possibilidade. Por isso é preciso escolher cuidadosamente os investimentos. Quando o investidor sabe o que quer, identifica empresas promissoras e projeta seu lucro no futuro e não no presente, todo mercado baixista é uma oportunidade. Uma oportunidade de investir no alto potencial das empresas em questão por um preço menor. Não é coincidência o conselho dado por Warren Buffett: “tenha medo quando os outros tiverem ganância e tenha ganância quando os outros tiverem medo”.

Por outro lado, não é necessário ficar esperando o mercado baixista chegar ao fundo do poço, já que ninguém sabe ao certo quando isso vai acontecer.

O melhor é não adivinhar e sim escolher uma técnica de dimensionamento de posição. Seja qual for o preço, invista em empresas que se adequam aos seus objetivos. Não é tão rentável quanto ficar adivinhando os pontos mínimos e máximos do preço, mas é algo mais realista.

Conclusão

Os traders têm várias oportunidades tanto em mercados em alta como em mercados em baixa. Para aproveitar essas oportunidades corretamente, contudo, os traders devem saber exatamente em qual mercado estão operando.

“Bem, você sabe, isso aqui é um mercado altista.” Frase de Edwin Lefèvre em seu livro “Memórias de um Operador da Bolsa”.

Trata-se de uma frase que vem de um dos livros mais conhecidos sobre operações na bolsa. Significa que o trader deve acompanhar a tendência global e procurar por operações longas (de compra) em um mercado altista e operações curtas (short/de venda) em um mercado baixista.

O investidor de longo prazo, por sua vez, abre posições em um mercado baixista e realiza os lucros em um mercado altista, quando os preços estão perto das máximas.

Vários instrumentos podem ajudar o trader a identificar a tendência. Um dos mais conhecidos é o oscilador RSI

Felizmente, os traders da FBS podem abrir operações em ambos os lados, seja qual for o comportamento do mercado.

Semelhante

Como operar o padrão Cifra?
Como operar o padrão Cifra?

O padrão Cifra não é a formação mais famosa do trading, mas é um instrumento que pode ajudar a entender e prever melhor o movimento do preço.

8 fatos sobre médias móveis
8 fatos sobre médias móveis

Médias móveis (MAs) são instrumentos importantes e amplamente usados — até mesmo por traders amadores — que auxiliam na análise do gráfico de preço. Neste artigo vamos analisar o básico das médias móveis e conhecer alguns truques que ajudam a usar esse recurso para melhorar os seus resultados no trading. 

Perguntas frequentes

  • Como abrir uma conta FBS?

    Clique no botão Abra uma Conta em nosso site e prossiga para a Área Pessoal. Passe pela verificação de perfil antes de começar a negociar: confirme seu e-mail e número de telefone e faça a verificação da sua identidade. Este procedimento garante a segurança do seu dinheiro e dos seus dados. Feito tudo isso, vá para a plataforma de negociação de sua preferência e comece a negociar.

  • Como sacar o dinheiro que você ganhou com a FBS?

    O procedimento é bem simples. Vá para a página de saques no site ou para a seção Finanças da Área Pessoal FBS e acesse a parte de saques. Você poderá retirar o dinheiro que ganhou por meio da mesma forma de pagamento utilizada para depositar. Se tiver abastecido sua conta por várias formas, saque seus lucros por essas mesmas formas e nas mesmas proporções dos valores depositados.

  • Como começar a negociar?

    Você pode se juntar à FBS e começar a sua jornada em FX se for maior de 18 anos. Para negociar, é necessário ter conta em uma corretora e conhecimento suficiente sobre como funcionam os ativos no mercado financeiro. Comece estudando o básico com os nossos materiais de formação grátis e crie uma conta na FBS. Convém testar o ambiente utilizando dinheiro virtual por meio de uma conta de demonstração (Demo). Quando estiver pronto, entre no mercado real e negocie para ter sucesso.

  • Como ativar o Bônus Level Up?

    Abra uma conta do Bônus Level Up na versão web ou móvel da Área Pessoal FBS e receba até US$140 grátis na sua conta.

Deposite com sistemas de pagamento locais

Jogue como um craque

Aviso de coleta de dados

A FBS mantém registros de seus dados para operar este site. Ao pressionar o botão “Aceitar“, você concorda com nossa Política de Privacidade.

Ligue de volta

Um gerente ligará para você em breve.

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Um gerente ligará para você em breve.

O próximo pedido de chamada para este número de telefone
estará disponível em

Se você tiver um problema urgente, por favor, fale conosco pelo
Chat ao vivo

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde

Não perca seu tempo. Acompanhe o impacto das NFP no dólar dos EUA e ganhe dinheiro!

Livro de Forex para Iniciantes

O livro de câmbio para iniciantes vai guiar você pelo mundo do trading.

Livro de Forex para Iniciantes

As coisas mais importantes para começar a negociar
Insira seu e-mail e nós vamos lhe mandar um guia Forex gratuito

Obrigado!

Nós enviamos um link especial para o seu e-mail.
Clique nesse link para confirmar seu endereço e receber um guia Forex para iniciantes gratuito.

Você está usando uma versão antiga de seu navegador.

Atualize para a versão mais recente ou experimente outro navegador para uma experiência comercial mais segura, confortável e produtiva.

Safari Chrome Firefox Opera