Dicas para o trading de tendências de Victor Sperandeo

Dicas para o trading de tendências de Victor Sperandeo

Temos certeza de que você já está familiarizado com a análise técnica e, particularmente, as linhas de tendência. Neste caso, sabe-se que a construção de uma tendência envolve muita subjetividade. Hoje vamos discutir os métodos de construção e trading de tendências do famoso trader Victor Sperandeo, também conhecido como “Trader Vic”. Junto com Sperandeo, aprenderemos a fazer as linhas de tendência trabalharem para você.

Quem é Victor Sperandeo?

O Trader Vic é um trader, desenvolvedor de índices e comentarista financeiro dos EUA. Conhecido por operar commodities nos setores de energia e metais, ele previu a quebra do mercado de ações em 1987 (a famosa Black Monday): antes da quebra, Victor Sperandeo operou curto no índice Dow e faturou 300% em um só dia. As habilidades excepcionais do Trader Vic em operações ajudaram ele a criar muitas estratégias e técnicas úteis e rentáveis, que são relevantes até hoje. O famoso método da linhas de tendência que iremos explicar abaixo é uma delas.

Método de trading de tendências do Trader Vic

Vamos considerar um método muito simples para o trading de tendências descrito por Sperandeo. Este método é conhecido como “mudar tendências em um, dois, três”. É claro que isso começa com a construção de uma linha de tendência correta.

Você se lembra do básico da análise técnica que é necessário traçar uma linha entre pelo menos dois pontos. Em uma tendência de alta vê-se uma série de máximas maiores e mínimas maiores. Uma tendência de queda, por sua vez, é uma série de mínimas menores e máximas menores.

Suponha então que você abriu um gráfico no MT4 e se deparou com o seguinte problema: há várias linhas que você pode considerar como “linhas de tendência”, mas qual delas é a certa? Vejamos o algoritmo do Trader Vic para determinar uma boa tendência.

  • • Para uma tendência de alta, deve-se traçar uma linha da mínima mais baixa para a maior mínima menor, acompanhada da maior máxima. A linha não deve passar por preços entre dois pontos. No entanto, a linha pode cruzar o preço após a maior máxima menor. Isso sinaliza a mudança da tendência.

    • Para uma tendência de queda, você precisa traçar uma linha da maior máxima para a menor mínima alta, acompanhada da menor mínima. Analogamente ao caso da tendência de queda, a linha entre esses dois pontos não deve cruzar o preço.

Vejamos as representações passo a passo. Primeiramente, começaremos construindo uma tendência de alta.

1. Para começar, é necessário encontrar a máxima mais alta (A) no gráfico e uma mínima significante (B) que esteja próxima dessa máxima.

2. Em seguida, procuramos a menor mínima (C) e conectamos os pontos B e C. Se o preço cruzar a linha, deslocamos o ponto C até a linha não tocar o preço.

E assim fica estabelecida a tendência de alta. O que deve ser feito em seguida? Vejamos a imagem abaixo para entender o método “um, dois, três” de Victor Sperandeo.

Podemos ver uma tendência de alta formada no gráfico de 4 horas do GBP/USD. Após passar do ponto A, a linha de tendência tocou o preço, sinalizando a iminência da mudança da tendência. O rompimento da linha de tendência para o lado de baixo é chamado de “um” (1) pelo Trader Vic. Em seguida, o preço sobe e retesta a linha de tendência — está e a segunda (2) condição necessária para a reversão. Concomitantemente, a mínima antes da vela que causou o reteste é considerada como o nível que deve ser rompido para confirmar a reversão. Logo, o rompimento do nível 1,5777 é a terceira condição (3), após a qual podemos abrir uma posição curta. Em nosso exemplo, abrimos uma posição curta no preço de fechamento de uma vela após o ponto (3) em 1,5756. A Stop Loss ficará no ponto (2), mas o nível da Take Profit deve ser trilhado.

1-(2).jpg

Vamos agora olhar o cenário de tendência de queda.

1. Aqui necessitamos encontrar a menor mínima no gráfico (A) e uma máxima significante (B).

2. Em seguida, buscamos a maior máxima (C) e conectamos os pontos B e C. Do exemplo abaixo, é possível ver que a linha cruza o preço várias vezes, motivo pelo qual precisamos mover o ponto C para o extremo inferior. Após traçar uma linha de tendência entre os pontos D e B, o preço não cruza com a linha. Ou seja, supõe-se que a linha de tendência formada é a correta.

Agora estamos prontos para o trading de tendências! Após o preço cruzar a linha de tendência (1a condição), esperamos o reteste da linha de tendência. A máxima antes da vela que causou o reteste é considerada como o nível que deve ser rompido para confirmar a reversão. Isso significa que o rompimento do nível 0,8646 é a terceira condição (3), que pode ser considerada como sinal para abrir uma posição longa. Na imagem abaixo, abrimos uma posição no preço de fechamento da vela após o ponto (3) em 0,8738. A Stop Loss será posicionada no preço de fechamento da vela que causou um rompimento em 0,8539. Quanto ao nível da Take Profit, nós faremos o trilhamento (trail) dela.

2-(2).jpg

Conclusão

Vimos hoje algumas dicas de construção e trading de tendências do famoso Trader Vic. Embora a estratégia pareça ser fácil, ela exige prática e conhecimento dos aspectos básicos da análise técnica.

Semelhante

Deposite com sistemas de pagamento locais

Ligue de volta

Um gerente ligará para você em breve.

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Um gerente ligará para você em breve.

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde

Livro de Forex para Iniciantes

O livro de câmbio para iniciantes vai guiar você pelo mundo do trading.

Livro de Forex para Iniciantes

As coisas mais importantes para começar a negociar
Insira seu e-mail e nós vamos lhe mandar um guia Forex gratuito

Obrigado!

Nós enviamos um link especial para o seu e-mail.
Clique nesse link para confirmar seu endereço e receber um guia Forex para iniciantes gratuito.

Você está usando uma versão antiga de seu navegador.

Atualize para a versão mais recente ou experimente outro navegador para uma experiência comercial mais segura, confortável e produtiva.

Safari Chrome Firefox Opera