Divergência: estudo de caso

Divergência: estudo de caso

Finalidade

A divergência é frequentemente usada como indicativo para a previsão de futuras movimentações do preço. Assim como em qualquer outra formação gráfica, ela não oferece previsões com 100% de probabilidade de estarem corretas. É por isso que se deve ter ciência da confiabilidade dessa ferramenta na hora de fazer operações com base na mesma, assunto a ser tratado neste artigo. Faremos uma análise da confiabilidade da divergência e descobriremos com qual frequência as divergências ocorrem nos gráficos e com qual frequência os preços de fato seguem a direção prevista por elas.

Objeto de estudo

Selecionamos uma das ações S&P para o gráfico de preço, principalmente porque o mercado de ações parece se comportar de forma mais ordeira que o câmbio diante de tendências globais. Isso facilita relacionar as flutuações observadas no preço a fatores fundamentais e filtrar o ruído. Também buscamos evitar uma impressão tendenciosa do recente desempenho deprimente manifestado pela maioria das ações devido ao vírus. Portanto, escolhemos a Amazon: esta nunca foi particularmente bullish ou bearish e, no período em questão, mostrou resiliência suficiente para se recuperar de suas perdas e atingir máximas recordes recentemente.

Utilizaremos o Awesome Oscillator de Bill Williams como complemento para o gráfico de preço. Embora muitos outros osciladores — a exemplo do MACD — se encaixem neste cenário, o Awesome Oscillator parece ser mais responsivo ao preço, oferecendo mais casos de divergência.

Em relação ao tempo, olharemos para o desempenho mais recente do preço que se mostre mais relevante ao momento atual e mais útil para o leitor.

Timeframes

Foram utilizados nesta investigação os timeframes H1, H4 e Diário, principalmente porque esses três timeframes dão uma perspectiva equilibrada para traders de curto prazo, médio prazo e estratégicos. Além disso, as ações não são tão favoráveis para timeframes de minutos quanto para os de horas e dias. Do ponto de vista analítico, os fatores fundamentais se revelam nos timeframes maiores.

Critérios

O primeiro eixo da avaliação de divergências é o densidade-período, referente ao número de ocorrências de divergência observadas em 100 períodos do gráfico. Exemplo: se for adotada uma observação de 200 períodos e 5 divergências forem observadas nesse intervalo, a densidade-período será de 5/200 = 2,5%. Outro exemplo: se forem anotadas 12 divergências em uma observação de 400 períodos, a densidade-período será de 12/400 = 3%. Isso significa que a cada 100 períodos teremos 3 divergências, em média.

A variedade mostra quantos de cada um dos quatro tipos de divergência aparecem na tela. A prevalência de um ou outro tipo pode indicar que o preço tem sido movido por humores mais bullish ou bearish ultimamente.

O número de previsões corretas se refere ao total de casos nos quais o preço de fato foi na direção apontada pelo esquema de interpretação comumente aceito. Exemplo: se for apontada uma divergência bearish regular e, em seguida, o preço começar a cair em uma tendência bearish, isso é contabilizado como uma previsão correta. Logicamente, se após uma divergência bullish o preço se deslocar em trajetória lateral ou de queda, isso não pode ser contabilizado como uma previsão correta.

A correta relação divergência-resultado faz parte das previsões corretas na totalidade dos casos. Se, por exemplo, 9 de 10 divergências apresentarem casos nos quais o preço de fato foi na direção “esperada” conforme o indicador Divergência, isso significa que 9 de 10 previsões estavam corretas. A relação deste caso é de 90%. Se, por outro lado, apenas 2 de 10 divergências tiverem produzido previsões corretas e nos outros 8 casos o preço se deslocou lateralmente ou na direção oposta, isso configura uma relação divergência-resultado de 20%.

Resultados

Div 1.png

Interpretação

Parece que o gráfico H4 foi o mais adequado para achar divergências, mesmo tendo superado em muito pouco os outros timeframes na relação densidade-período. Obviamente, os números de divergências encontradas em cada timeframe não significa que isso encerra a questão. Um examinador atento provavelmente faria outras observações, mas o fato de ter ocorrido aproximadamente 1 divergência para cada 100 períodos em todos os timeframes significa que é isso que um trader comum encontraria em um gráfico aleatório.

Uma bearish regular é aparentemente mais comum em comparação com todas as outras, enquanto uma bullish oculta não apareceu na tela em momento algum. Isso pode ser uma particularidade do período observado, altamente impactado pelo vírus. A multitude das divergências bearish, entretanto, não pode ser atribuída exclusivamente a movimentos de preço bearish prevalentes no gráfico de preço.

Outra conclusão é que o gráfico H4 oferece uma probabilidade substancialmente maior de previsões de divergência corretas que os gráficos H1 e Diário. Temos no H4 mais de 50% de previsões corretas (62,5%), enquanto os timeframes H1 e Diário dão menos de 50% (37% e 33%, respectivamente). Para fins práticos, isso pode servir como confirmação de que as divergências são mais confiáveis em gráficos H4 e podem ser utilizadas com segurança nesse timeframe

Aplicações

Com esses resultados em mente, vamos olhar o desempenho mais recente do preço das ações da Amazon.

O gráfico H1 oferece um caso de divergência bearish regular, marcada abaixo, que se mostrou correta: o último episódio do gráfico mostra uma tendência de queda.

Div 2.png

O gráfico H4 nos dá outra divergência bearish regular que acabou de se formar. Lembrando que a divergência tem no H4 uma probabilidade de acerto de 62,5%; há de se concluir que estamos à beira da ocorrência de uma grande tendência de queda no futuro próximo, a médio prazo.

Div 3.png

O gráfico Diário reflete a mesma divergência bearish regular que observamos no gráfico H4.

Div 4.png

Conclusão

A Divergência — assim como outras formações e indicadores de gráficos — é usada como ferramenta técnica para facilitar a leitura dos gráficos. No atual cenário, ela não deve ser empregada sozinha — deve-se considerá-la à luz do atual contexto fundamental. Dito isso, mesmo com o preço das ações da Amazon superando o vírus e marchando para cima vitoriosamente, devemos ter cautela em relação às nossas expectativas para esta tendência de alta e observar cuidadosamente sinais de uma possível virada. Parece que isso vai ser mais um bom teste para o indicador Divergência a ser levado em conta.

                                                                                               ENTRAR

Semelhante

Deposite com sistemas de pagamento locais

Saiba mais

Aviso de coleta de dados

A FBS mantém registros de seus dados para operar este site. Ao pressionar o botão “Aceitar“, você concorda com nossa Política de Privacidade.

Ligue de volta

Um gerente ligará para você em breve.

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Um gerente ligará para você em breve.

O próximo pedido de chamada para este número de telefone
estará disponível em 00:30:00

Se você tiver um problema urgente, por favor, fale conosco pelo
Chat ao vivo

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde

Não perca seu tempo. Acompanhe o impacto das NFP no dólar dos EUA e ganhe dinheiro!

Livro de Forex para Iniciantes

O livro de câmbio para iniciantes vai guiar você pelo mundo do trading.

Livro de Forex para Iniciantes

As coisas mais importantes para começar a negociar
Insira seu e-mail e nós vamos lhe mandar um guia Forex gratuito

Obrigado!

Nós enviamos um link especial para o seu e-mail.
Clique nesse link para confirmar seu endereço e receber um guia Forex para iniciantes gratuito.

Você está usando uma versão antiga de seu navegador.

Atualize para a versão mais recente ou experimente outro navegador para uma experiência comercial mais segura, confortável e produtiva.

Safari Chrome Firefox Opera