Introdução aos índices do trading

Introdução aos índices do trading

Dow Jones, FTSE, DAX… essas são palavras mágicas que você vê diariamente no noticiário. Mudanças nas mesmas causam ataques cardíacos em investidores e traders e fazem com que políticos apliquem mudanças em suas economias. Mas você já parou para pensar que pode negociar esses índices e isso pode facilmente aumentar seus lucros? Vamos ver como fazer isso.

Definição de um índice

Um índice de capital próprio é uma referência que mede o desempenho de preço de vários (geralmente os maiores) capitais listados na bolsa em questão. O valor de um índice é comumente descrito em um número de pontos: cada índice é calculado de forma diferente, mas geralmente trata-se de uma média ponderada do valor atual de suas ações. Uma empresa com capitalização maior tem o maior impacto em seu valor. A natureza composta de um índice faz com que ele reflita a saúde de um mercado ou de uma economia por ele representada. Ao negociar índices, você não compra a propriedade de um ativo negociado. Em vez disso, você negocia em cima das mudanças no preço, assim como o comércio de moedas. Você prevê a direção do preço de um índice, abre uma posição e vê para onde o prelo vai. Se estiver certo, você ganha dinheiro.

Por que escolher índices em vez de ações individuais?

  • Os índices oferecem uma perspectiva dos mercados internacionais. Ao negociá-los, você compreende as condições das empresas e das ações que as representam. Por exemplo: ao negociar o índice FTSE 100, você tem acesso aos movimentos das maiores empresas britânicas.
  • Isso lhe ajudará a se concentrar nas ações específicas que compõem um índice em vez de se perder em várias opções de ações.
  • Sua natureza diversificada reduz a possibilidade de movimentações de preço inesperadas com base em notícias de última hora.

Índices de trading

Há muitos fatores que devem ser levados em conta ao negociar índices.

  1. Primeiramente, estude as partes que compõem o índice. Esses componentes pertencem a um ou a vários setores do mercado? A resposta lhe ajudará a se concentrar nas atualizações de um setor específico que possivelmente afetará o valor do índice.
  2. Veja a correlação entre moedas e índices. Os índices domésticos tendem a se correlacionar com as condições da moeda de um país. Por exemplo: o valor dos índices americanos sobe com a alta na demanda por dólares dos EUA. O motivo disso se encontra nos investimentos estrangeiros: à medida que os traders investem em ações americanas, eles precisam antes comprar o dólar, o que leva ao aumento nos índices dos EUA.
  3. Descubra se existe correlação entre o índice doméstico de um país e as commodities. Por exemplo: se um país é exportador de petróleo, seu índice subirá com baixas nos preços do petróleo bruto. Caso o país importe petróleo (Japão), seu índice provavelmente cairá.
  4. Confira frequentemente as mudanças nas listagens de índices. As ações que compõem um índice podem mudar devido à capitalização de mercado e a fusões e aquisições. As empresas mais valiosas têm a maior capitalização. Capitalização de mercado de uma empresa é o valor total de suas ações emitidas avaliado pelo mercado: o índice é afetado pelos preços individuais das ações das empresas. Exemplo: se a capitalização de mercado de uma empresa cai, suas ações podem ficar pequenas demais para permanecer no índice, podendo levar à substituição desta empresa por outra com maior capitalização de mercado. Além disso, fusões e aquisições (M&A, em inglês) também podem mudar as ações listadas em um índice.

Quando se muda uma ação no índice, a capitalização também se altera, afetando o valor final deste. Logo, é necessário acompanhar as mudanças nas listagens de índices, seguir declarações financeiras e notícias ligadas às empresas que emitiram tais ações.

Quais índices escolher para o trading?

Após dar os passos necessários na escolha de índices para negociar, você pode analisar os gráficos dos mesmos na plataforma de trading MT5. A FBS lhe dá acesso à negociação de alguns dos índices mais conhecidos. O índice da bolsa de valores brasileira — Índice Bovespa, IBOVESPA — é o índice de referência composto por cerca de 60 ações negociadas na Bolsa de Valores brasileira (B3, Bovespa: Bolsa de Valores do Estado de São Paulo). As ações no índice correspondem a 80% do volume negociado nos últimos 12 meses, desde que tenham sido negociadas em pelo menos 80% dos dias comerciais. Ele também é um indicador das condições econômicas do Brasil, pois a maioria das empresas listadas têm suas origens no país.

O índice Financial Times Stock Exchange 100 Index (FTSE 100 Index, FTSE 100, FTSE, o "Footsie") é um índice de ações das 100 empresas listadas na Bolsa de Valores de Londres (LSE) com as maiores capitalizações de mercado, representando cerca de 81% de toda a capitalizaçõ de mercado da LSE. Muitas das empresas são internacionais; no entanto, o índice é considerado um indicador do desempenho da economia do Reino Unido. Ele também é significativamente afetado pelo preço da libra esterlina.

O DAX (Deutscher Aktienindex, Índice de Ações Alemão) é um índice de ações composto pelas 30 principais empresas da Alemanha negociadas na Bolsa de Valores de Frankfurt com as maiores capitalizações de mercado.

O índice Dow Jones Industrial (DOW, DJ) é um índice de ações de 30 grandes empresas de capital aberta localizadas nos Estados Unidos. O nome “industrial“ tem significado primordialmente histórico, já que as 30 empresas modernas que compõem o índice não estão ligadas à indústria pesada. Apesar da origem americana, ele é afetado não apenas pelos dados das empresas, mas também por notícias mundiais, acontecimentos políticos e desastres naturais.

O Índice HS (HSI) é um índice de referência ponderado por capitalização que acompanha o desempenho das 50 maiores empresas do mercado de ações de Hong Kong. Ele é usado como principal indicador para medir as condições do mercado no país: as ações que compõem o índice devem estar entre aquelas responsáveis pelos primeiros 90% da capitalização de mercado total de todas as ações que tenham um histórico de listagem de 24 meses ou que atendam os requisitos.

Conclusão

Apesar de seus grandes números e papel representativo em um setor econômico ou empresa, os índices são mais fáceis de negociar do que se parece. Ademais, negociar índices lhe ajuda a acompanhar o desempenho econômico de vários países e tirar proveito desse conhecimento ao negociar moedas.

Semelhante

Deposite com sistemas de pagamento locais

Ligue de volta

Um gerente ligará para você em breve.

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Um gerente ligará para você em breve.

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde

Livro de Forex para Iniciantes

As coisas mais importantes para começar a negociar
Insira seu e-mail e nós vamos lhe mandar um guia Forex gratuito

Obrigado!

Nós enviamos um link especial para o seu e-mail.
Clique nesse link para confirmar seu endereço e receber um guia Forex para iniciantes gratuito.

Você está usando uma versão antiga de seu navegador.

Atualize para a versão mais recente ou experimente outro navegador para uma experiência comercial mais segura, confortável e produtiva.

Safari Chrome Firefox Opera