Sistema de Trading Triple Screen

Sistema de Trading Triple Screen

Iniciantes costumam procurar uma ferramenta mágica, um único indicador que lhes ajudem a ganhar pilhas de dinheiro. Se eles tiverem sorte, acreditam que descobriram o Eldorado. Porém, quando a magia acaba e esses amadores começam a perder dinheiro, desistem de seu velho indicador e passam a procurar outra mina de ouro. Bem, não é difícil compreender que esta abordagem ao trading é errada: os mercados são complexos demais para serem analisados com um só indicador. Tendo lido esta última frase, você pode ter pensado “OK, eu tentei usar diferentes indicadores mas eles me dão sinais que se contradizem“. E estará absolutamente correto; indicadores gostam de brigar entre si e dar falsos sinais aos traders.

Para lhe ajudar a lidar com esta situação confusa, Alexander Elder — uma das mentes mais brilhantes na sociedade dos traders — inventou o chamado sistema de trading triple screen (filtro ou tela tripla, em tradução livre). Este sistema combina indicadores de acompanhamento de tendências com osciladores, filtrando suas desvantagens e preservando seus pontos fortes. Que solução genial!

Assim como um teste triplo da medicina (antes de se envolver no mercado financeiro, Elder trabalhou como psiquiatra), o sistema de trading triple screen aplica vários testes individuais — telas ou filtros — a cada decisão sobre negociação, consequentemente minimizando seus riscos e lhe oferecendo lucros maiores.

Como funciona o sistema?

Você deve começar decidindo em qual intervalo de tempo deseja negociar. Há três principais tendências: longo prazo, intermediária e menor. Robert Rhea, famoso técnico do mercado na década de 30, comparou essas tendências a uma maré, uma onda e uma onda capilar, respectivamente. Ele acreditava que os traders têm que negociar na direção da maré do mercado (que pode ser identificada no primeiro filtro, isto é, o maior intervalo de tempo), aproveitar as ondas (que indicam mudanças intermediárias nos padrões de trading) e ficar de olho nas ondas capilares (não ignore os pequenos sinais comerciais mostrados na terceira tela).

Por exemplo, se você deseja negociar por vários dias, seu intervalo de tempo intermediário será definido pelos gráficos diários, enquanto os gráficos semanais serão a referência para determinar tendências de longa duração (marés) e os gráficos horários lhe permitirão achar a melhor hora para abrir sua negociação. Você encontrará na tabela a seguir as possíveis combinações de intervalos de tempo que pode usar.

screens.png

Primeira TelaUma vez escolhidos os intervalos de tempo, é hora de desvendar os padrões de trading. Comece analisando o gráfico de longo prazo para definir a tendência dominante, utilizando um indicador de acompanhamento de tendência: a média móvel exponencial de 13 períodos (clique em Insert/Inserir - Indicators/Indicadores - Trend/Tendência - Moving Average/Média Móvel). Se a linha estiver caindo, é uma tendência de queda. Se estiver subindo, é uma tendência de alta. Você também pode acrescentar o MACD (clique em Insert/Inserir - Indicators/Indicadores - Oscillators/Osciladores - MACD) para ter uma confirmação. Confira a inclinação do Histograma MACD: quando as colunas estão subindo, os touros controlam o mercado. Analogamente, quando a inclinação for para baixo, tem-se uma tendência de queda.

Lembre-se da regra importante: em uma tendência de alta, você abre somente negociações de COMPRA; em uma tendência de queda, você abre somente negociações de VENDA.

Elder1.png

Segunda Tela

A segunda tela (ou segundo intervalo de tempo) nos ajuda a identificar as ondas que vão contra a maré. Ou seja, se a tendência semanal é de queda, você precisa de uma correção para cima no gráfico diário e deve aproveitar o momento que esta correção se encerra e a tendência geral de queda é retomada.

Use os osciladores aqui para definir os desvios da tendência semanal. Seu objetivo é encontrar somente os sinais diários que apontam na direção da tendência dominante semanal.

Exemplo: se a tendência semanal for negativa, você deve considerar somente os sinais de venda dos osciladores diários, ignorando os sinais de compra deles. Você pode usar o Oscilador Estocástico/Stochastic para fazer isso: quando a EMA 13 semanal e o MACD caírem, procure o momento que o Oscilador Estocástico diário deixa a área de sobrecompra e começa a cair abaixo de 70 — este será um sinal de venda. Quando o MACD semanal subir, busque a situação na qual o Estocástico diário sai da área de sobrevenda e sobe acima de 30, pois este será um sinal de compra.

Terceira Tela

A terceira tela é usada para localizar pontos de entrada, não exigindo nenhuma ferramenta técnica. Ela ajuda a entrar no mercado quando a primeira e segunda telas tiverem dado o sinal para comprar ou vender. Para fazer a entrada com a maior precisão possível, utilize a chamada técnica trailing (trilha).

Elder2.png

As mesmas táticas — com as ações opostas — devem ser aplicadas quando a tendência dominante está subindo. Ao empregar a estratégia de Elder descrita neste artigo, você estará bem protegido contra os riscos de perder dinheiro (o risco de ser enganado pelos falsos sinais comerciais) e, ao mesmo tempo, poderá ganhar mais (com o auxílio de indicadores e osciladores, você não perderá seus lucros).  

Semelhante

Deposite com sistemas de pagamento locais

Ligue de volta

Um gerente ligará para você em breve.

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Um gerente ligará para você em breve.

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde

Livro de Forex para Iniciantes

As coisas mais importantes para começar a negociar
Insira seu e-mail e nós vamos lhe mandar um guia Forex gratuito

Obrigado!

Nós enviamos um link especial para o seu e-mail.
Clique nesse link para confirmar seu endereço e receber um guia Forex para iniciantes gratuito.

Você está usando uma versão antiga de seu navegador.

Atualize para a versão mais recente ou experimente outro navegador para uma experiência comercial mais segura, confortável e produtiva.

Safari Chrome Firefox Opera