Trading de tendências vs trading de contra tendências

Trading de tendências vs trading de contra tendências

Um dos princípios da análise técnica é que o preço se move em tendências. Cada tendência é formada por períodos nos quais o preço se movimenta na direção desta tendência e por períodos menores de correções contra a tendência.Estratégias de acompanhamento de tendências implicam que o trader abre a posição na direção da tendência principal. Em outras palavras, ele compra em uma tendência de alta e vende em uma de queda. A melhor hora para entrar no mercado usando esta abordagem é quando a correção acaba e a tendência principal é retomada: “compre em baixa e venda em alta“ é o manta predileto dos traders. Traders de contra tendência não querem esperar a correção passar. Se o mercado estiver em uma tendência de alta, eles podem vender quando preço reverter da resistência e definir uma meta próxima ao suporte. A motivação deles é que o preço já ficou alto demais, estando prestes a cair.Será que essas abordagens têm riscos semelhantes ou não? Qual delas pode oferecer ao trader maior lucro?

Trading de tendências

A maioria dos traders é capaz de determinar a tendência atual: o problema é decidir como agir. Continuemos com o exemplo da tendência de alta. O trading de tendências afirma que você comprará ou no suporte, ou no rompimento da resistência. No primeiro caso, você usará instrumentos como linhas de tendências e retraçamentos Fibonacci. No segundo caso, poderá usar padrões de gráfico de continuação, como triângulos, bandeiras e cunhas.

Screenshot_14.png

Alguns traders compram no ponto 1 (suporte da linha de tendência e nível de retraçamento Fibonacci) ou 2 (rompimento de um padrão bandeira/flag). Alguns aguardarão o ponto 3 (rompimento acima da máxima anterior). É claro que, quanto mais baixo você comprar, maior pode ser o seu lucro.

Take profit. Você pode definir sua meta de lucro na máxima anterior da tendência de alta (mínima da tendência de queda) ou até níveis além dela se você estiver mais confiante da sua negociação.

Stop Loss. Note que, ao surfar em uma tendência, pode usar uma trailing stop que segue a mesma. Porém, esteja ciente de que pode não ser muito fácil decidir para onde mover uma stop loss: o risco será de que uma correção mais profunda levará o mercado a atingir sua stop e fechar sua ordem.

Scaling in. É permitido adicionar uma posição ao acompanhar uma tendência caso o mercado já tenha se movimentado a seu favor e sua negociação tiver se tornado lucrativa. Assim, seu lucro potencial aumentará. Se você fizer isso, não se esqueça de ajustar sua gestão de riscos. Você também pode começar com uma negociação menor que o usual (por exemplo, comprar no ponto 1) e então aumentá-la quando o preço ir acima do ponto 2. Esta tática diminuirá seu risco.

Trading de contra tendências

Estratégias contra tendência visam a determinar o ponto de reversão de uma tendência. Traders que empregam esta abordagem tiram pistas de padrões de reversão de velas (barras pin, estrelas da noite/manhã, etc). Eles também aplicam osciladores como MACD ou RSI para ver se o mercado está em sobrecompra/sobrevenda, bem como se há uma divergência entre o preço e o indicador. Se estes sinais estiverem presentes, os traders abrem posições contra a tendência anterior.

Screenshot_15.png

O trader pode decidir vender no ponto 1 quando o preço forma uma vela com sombra superior longa (um sinal negativo) e o indicador MACD não confirma a máxima do preço.

Take profit. É mais difícil encontrar um local para fixar o lucro quando você negocia contra a tendência. O desafio é não se deixar levar pela ganância: lembre-se de que você está apostando contra o mercado. Algumas tendências podem virar um mercado lateral, limitando o lucro de uma posição contra tendência. A tendência inicial também pode retomar rapidamente e não deixar a correção de preço durar muito. Assim, tome cuidado e administre os riscos.

Stop Loss. O lugar da ordem stop loss em tal negociação é natural. Os traders colocam suas stop loss atrás do ponto extremo do preço a partir do qual a correção começou. A stop loss provavelmente será menor que aquela que você usaria se negociasse a favor da tendência.

Scaling in. Não é boa ideia mexer no tamanho da sua posição quando você negocia contra a tendência. A negociação pode ser de curto prazo, então você corre o risco de ficar em uma situação desconfortável se tentar acrescentar uma negociação. Além disso, nunca acrescente nada a uma posição perdedora, pois isto pode levar a prejuízos maiores.

Conclusão

Como pode ser visto, ambas as abordagens de trading têm suas características particulares. Ambas podem gerar bons sinais comerciais, mas cada uma requer sua própria estratégia de gestão de riscos. A sabedoria comum dos traders é que o trading contra tendência exige muito mais experiência e os novatos devem começar seguindo a tendência. Pratique e veja qual das duas funciona melhor com você!

Semelhante

Deposite com sistemas de pagamento locais

Ligue de volta

Um gerente ligará para você em breve.

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Um gerente ligará para você em breve.

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde

Livro de Forex para Iniciantes

As coisas mais importantes para começar a negociar
Insira seu e-mail e nós vamos lhe mandar um guia Forex gratuito

Obrigado!

Nós enviamos um link especial para o seu e-mail.
Clique nesse link para confirmar seu endereço e receber um guia Forex para iniciantes gratuito.

Você está usando uma versão antiga de seu navegador.

Atualize para a versão mais recente ou experimente outro navegador para uma experiência comercial mais segura, confortável e produtiva.

Safari Chrome Firefox Opera