Estratégia de trading Tela Tripla (Triple Screen)

Estratégia de trading Tela Tripla (Triple Screen)

Introdução

Traders iniciantes sempre buscam uma ferramenta mágica, um único indicador que ajude a ter lucros enormes. Isso pode até dar sorte por um tempo, mas, eventualmente, o encanto se quebra. Quando chegam os prejuízos, esses traders tendem a acreditar que o motivo é o indicador que está dando azar, passam para outro indicador e a história se repete.

É claro que trata-se de uma abordagem errada baseada na má compreensão da natureza dos indicadores. Nenhum deles foi feito para produzir uma interpretação ou previsão infalível do mercado. Ademais, nenhum deles foi feito para correlacionar-se com outros indicadores. Pelo contrário: eles devem ser utilizados em combinação, inclusive em situações nas quais um contradiz o outro.

Alexander Elder é um trader bem conhecido e famoso por publicar vários guias sobre estratégias de trading. Ele inventou a chamada abordagem tela tripla (“triple screen”, em inglês), que combina vários indicadores, filtrando as desvantagens dos mesmos e preservando seus pontos fortes. Em suma, trata-se de uma abordagem de três níveis à tomada de decisões no trading. Vamos dar uma olhada.

Geral

Primeiramente, é necessário decidir em qual timeframe você deseja operar. Seja qual for, você também terá outros dois timeframes para consultar em relação ao primeiro escolhido: um timeframe maior, para que se tenha um contexto maior do mercado, e um timeframe menor, que dá uma perspectiva detalhada da atual situação e abre a possibilidade de escolher um ponto de entrada com precisão.

Por exemplo: se você quiser operar no intradia (intraday), é possível escolher o gráfico H1 como campo de observação principal, o H4 para o contexto mais amplo do mercado e o M15 para as especificações do ponto de entrada. Cada um será retratado em uma das três telas, conforme mostrado na tabela abaixo.  

three screens table.png

Primeira tela

Suponha que queremos fazer algumas operações com Platina. Abrimos três gráficos: H4, H1 e M15. No gráfico H4 da Platina, notamos que o preço caiu e entrou em uma área de correção. Com base nisso, supomos que ele continuará a subir por certo tempo no decorrer dessa correção. Logo, nossa ideia será comprar agora e vender quando o preço atingir níveis maiores. Agora, queremos verificar a nossa observação e conferi-la diante de vários indicadores — para tal fim, abrimos o menu de indicadores e anexamos o MACD e o Oscilador Estocástico (a imagem abaixo mostra como fazer isso). 

Menu_RSI.jpg

Vemos que o MACD atingiu a mínima extrema abaixo da linha de sinal (a área selecionada na imagem abaixo), enquanto o indicador Estocástico mostra a linha rápida (sólida) cruzando a linha lenta (pontilhada) de baixo para cima dentro da zona 0–20%. Ambos normalmente são interpretados como sinais de estado de sobrevenda no mercado, sinalizando compra. Portanto, já temos a confirmação de dois indicadores de que a nossa interpretação do mercado tem alta probabilidade de estar certa e nossa estratégia tem grandes chances de sucesso. Vamos, então, à segunda tela.

PlatinumH4 marked.jpg

Segunda tela

A segunda tela serve para corroborar as observações feitas na primeira tela e indicar uma área de entrada com maior precisão. Para fazer isso, acrescentamos um RSI à janela do gráfico. A imagem abaixo mostra como selecioná-lo.

Menu_RSI.png

O RSI é uma boa ferramenta que oferece uma indicação relativamente precisa da força do mercado e dos momentos nos quais é seguro abrir uma posição. Como planejamos comprar em uma tendência de alta de correção, tentaremos identificar o momento de abrir uma posição longa. O RSI cruzando os 30% nos mostra exatamente esse momento. No gráfico H1 da Platina, vemos que ele cruzou o nível de sobrevenda e, portanto, entendemos que a guinada bullish do mercado é bem forte. Isso nos dá uma segunda confirmação da nossa estratégia de trading, então prosseguimos para a terceira tela para escolher o nível para abrir posições longas.

PlatinumH1 marked.jpg

Terceira tela

A terceira tela não necessariamente requer um indicador. No gráfico M15 da Platina, vemos de forma detalhada a onda apontada como área de entrada no gráfico anterior. Queremos apenas uma confirmação de que não haverá uma virada súbita para baixo que invalide nossa suposição em relação à correção do mercado. Esperamos o preço ir acima do nível indicado junto com a Média Móvel de 50 períodos, que para nós é um sinal de compra. Podemos abrir uma posição longa logo após a primeira vela fechar acima da linha de resistência, posicionando a Stop Loss no ponto mais baixo da vela de queda anterior.

PlatinumM15 marked.jpg

Conclusão

O exemplo observado fornece uma estratégia para uma tendência de alta local que ocorre depois de uma tendência de queda geral. Em outras palavras, tentamos “surfar na onda”: em um mercado em queda, compramos nas mínimas e vendemos nos picos de cada cascata, e vice-versa em um mercado em alta.

Pode ser que o trader pergunte: e se o preço agir de forma diferente daquela prevista? A resposta é: não existe metodologia perfeita no trading. Aperfeiçoar esta abordagem é dever do trader que deseja buscar situações específicas onde isso se aplica, ou, alternativamente, o trader pode entender exatamente em quais cenários essa estratégia de trading não se aplica. A ideia dessa estratégia é simples: aplicar vários filtros durante a sua tomada de decisões e utilizar vários indicadores ao fazer as suas operações. 

Semelhante

Deposite com sistemas de pagamento locais

Saiba mais

Aviso de coleta de dados

A FBS mantém registros de seus dados para operar este site. Ao pressionar o botão “Aceitar“, você concorda com nossa Política de Privacidade.

Ligue de volta

Um gerente ligará para você em breve.

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Um gerente ligará para você em breve.

O próximo pedido de chamada para este número de telefone
estará disponível em 00:30:00

Se você tiver um problema urgente, por favor, fale conosco pelo
Chat ao vivo

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde

Não perca seu tempo. Acompanhe o impacto das NFP no dólar dos EUA e ganhe dinheiro!

Livro de Forex para Iniciantes

O livro de câmbio para iniciantes vai guiar você pelo mundo do trading.

Livro de Forex para Iniciantes

As coisas mais importantes para começar a negociar
Insira seu e-mail e nós vamos lhe mandar um guia Forex gratuito

Obrigado!

Nós enviamos um link especial para o seu e-mail.
Clique nesse link para confirmar seu endereço e receber um guia Forex para iniciantes gratuito.

Você está usando uma versão antiga de seu navegador.

Atualize para a versão mais recente ou experimente outro navegador para uma experiência comercial mais segura, confortável e produtiva.

Safari Chrome Firefox Opera