1. FBS corretora >
  2. Blog da FBS >
  3. Como fazer um plano de trading de criptomoedas
2023-06-23 • Atualizado

Como fazer um plano de trading de criptomoedas

cover.png

A cada dia que passa, mais e mais traders aderem ao trading de criptomoedas. Não é surpreendente, considerando que o mercado de criptomoedas está se expandindo rapidamente há mais de uma década. Os traders veem muito potencial de ganhos nas criptomoedas, e é por isso que esse mercado está tão popular no momento.

No entanto, ao longo dos últimos anos, as criptomoedas ganharam reputação como um dos instrumentos financeiros mais arriscados para se investir. Muitos traders perdem seu dinheiro no mercado de criptomoedas. Mas, embora suas perdas possam ser atribuídas à volatilidade inerente às criptomoedas, vale ressaltar que muitos traders não se preparam para negociar criptomoedas ou não seguem seu plano de trading.

Um plano de trading é um elemento crucial para o sucesso de um trader. Sem ele, é impossível obter rentabilidade a longo prazo. Neste artigo, você saberá por que os planos de trading de criptomoedas são importantes e como formular um plano de trading por conta própria.

Entendendo a importância de um plano de trading de criptomoedas

Antes de adentrar no significado dos planos de trading na negociação de criptomoedas, vamos definir o que é um plano de trading. Um plano de trading é um conjunto de regras que os traders compilam para obter a lucratividade máxima nas negociações. Ele registra informações essenciais sobre negociações futuras, como tempo, volume, metas de lucro, etc. Cada trader cria um plano de trading exclusivo que atende às suas metas financeiras, recursos, estilo preferido e nível de proficiência.

Quando se trata de negociação em criptomoedas, ter um plano de trading geralmente é a única coisa que o impede de ter perdas repentinas. Embora as criptomoedas possam atrair os traders com recompensas potencialmente altas, esses instrumentos financeiros são altamente voláteis. Portanto, negociar sem um plano elaborado provavelmente levará a graves consequências.

A criação de um plano de trading também pode ajudá-lo a desenvolver e manter um sistema de negociação, o que é particularmente importante para negociar em mercados altamente estressantes, como o mercado de criptomoedas. Os planos de trading podem orientá-lo a tomar decisões racionais quando você estiver perdido ou sob forte emoção e permitem que você acompanhe e analise suas negociações anteriores para referência futura.

Agora que você sabe por que os planos de trading de criptomoedas são importantes, é hora de aprender a criá-los.

1991-01.png

Etapa 1: defina suas metas e objetivos de trading

A primeira coisa que você precisa fazer para construir um plano de trading de criptomoedas é determinar seus objetivos. Esta etapa pode parecer redundante para alguns traders, mas traders inexperientes geralmente a ignoram na pressa de ganhar dinheiro o mais rápido possível. Sem objetivos claros, é difícil determinar a hora de fechar a negociação. Isso faz com que esses traders percam boas oportunidades de saída.

Portanto, antes de começar a trabalhar em seu plano de trading, pense no que deseja obter com o trading. Você quer se concentrar em trading de longo prazo com rendimentos mais altos? Ou você prefere day trade com rendimentos mais baixos, mas mais frequentes? Você prefere instrumentos financeiros de baixo risco ou está preparado para assumir um risco maior? Quais são suas expectativas de lucro semanais, mensais e anuais?

Todas essas questões requerem consideração cuidadosa porque todo o seu plano de trading depende de suas respostas.

Etapa 2: use a análise fundamentalista e técnica

A negociação só é possível analisando o mercado em busca de oportunidades de trading em potencial. Há uma infinidade de fontes, ferramentas e indicadores diferentes que podem ajudá-lo a obter informações importantes sobre as condições atuais do mercado. Usar tudo simultaneamente é desnecessário, mas você precisa conhecer os princípios gerais das análises fundamentalista e técnica.

A análise fundamentalista estuda os fatores estruturais que afetam o movimento do mercado. Em relação ao trading de criptomoedas, esses fatores incluem métricas de blockchain, o quanto de criptomoeda que está aplicado em staking, taxa de hash, etc. Ao analisar essas informações, você pode determinar o valor de uma criptomoeda, descobrir se ela está subvalorizada ou supervalorizada e decidir se deseja negociá-la.

A análise técnica envolve estudar a ação de preço (price action) atual através de gráficos de preços e compará-la com dados históricos do mercado. Um dos princípios básicos da análise técnica é que a história se repete. Assim, com base nos registros acumulados dos movimentos de preços anteriores, você pode fazer previsões sobre os movimentos do mercado.

Há uma grande variedade de indicadores baseados em análises técnicas que medem diferentes parâmetros: indicadores de volume, indicadores de tendência, indicadores de momentum, indicadores de suporte/resistência e assim por diante. Você precisa saber como usar esses indicadores para coletar dados abrangentes para o seu plano de trading.

Etapa 3: selecione criptomoedas para negociar e determine os tamanhos das posições

Depois de entender como usar a análise fundamentalista e técnica, você pode escolher a criptomoeda que deseja negociar. Há duas coisas principais que você precisa considerar quando se trata de negociação de criptomoedas:

  1. Tendência de mercado. Suas preferências em relação à direção do movimento dos preços determinam qual ativo você deve negociar. Você prefere operar junto aos touros ou junto aos ursos? E não vamos esquecer a força de uma tendência. Ao fazer um plano de trading, é essencial avaliar se a tendência é forte ou fraca e se ela está propensa a continuar ou sofrer reversão.
  2. Volatilidade. As criptomoedas são conhecidas por sua volatilidade. Saber se uma criptomoeda é altamente volátil pode ajudá-lo a entender melhor suas chances de sucesso se você negociá-la.

Depois de tomar a decisão, você precisa determinar o tamanho de seus trades. Um dos erros mais graves que os traders iniciantes podem cometer é aplicar todo o saldo da conta em uma única transação. Por isso é crucial decidir os tamanhos das posições com antecedência. Dessa forma, é mais provável que você resista ao desejo de abrir grandes posições e aumentar o risco.

Etapa 4: defina pontos de entrada e saída

O próximo passo lógico é calcular os pontos de entrada e saída para suas negociações de criptomoedas. É aqui que suas habilidades de análise técnica serão úteis, pois você precisa estudar gráficos de preços para encontrar uma entrada. Mas antes de decidir entrar em uma negociação, você precisa garantir que haja uma saída dela. Sem ter uma possível saída em mente, é difícil saber quando parar.

Se você vir uma entrada potencial, procure um nível para colocar uma meta de lucro. Você pode escolher um nível de preço que termine com um número redondo (como USD 90) ou um patamar aumentado por uma porcentagem redonda (como 10%). A coisa mais importante a lembrar é cultivar a racionalidade. Se você definir sua saída muito distante, corre o risco de nunca alcançá-la e perder outras oportunidades.

Quanto às entradas, você precisa procurar um sinal de entrada no gráfico. Ao encontrar um sinal desses e observar uma saída em potencial, você poderá enfim abrir uma posição. Mas não coloque muitas restrições ou regras para seus pontos de entrada, pois isso pode privá-lo de boas oportunidades de trading.

Etapa 5: desenvolva uma estratégia de gestão de risco

Pode-se considerar que a parte mais crítica de qualquer plano de trading é o desenvolvimento uma estratégia de gestão de risco. Considerando a natureza volátil das criptomoedas, ter um plano completo de gestão de risco costuma ser o ponto crucial do sucesso.

Na gestão de risco, primeiro você precisa decidir sobre o seu capital de negociação. Quanto do seu dinheiro você está disposto a arriscar? Geralmente, você ouvirá conselhos para não arriscar mais de 5% de seu capital em uma negociação, especialmente quando se trata de trading de criptomoedas.

O próximo passo é colocar ordens Stop Loss (Perda Máxima). Essas ordens podem fechar suas posições assim que o preço atingir um determinado nível. Por causa disso, mesmo que você não obtenha nenhum lucro com sua operação, você também não perderá muito, pois as ordens Stop Loss limitam o valor das possíveis perdas. Usar ordens Take Profit (Lucro Máximo) ou ordens limitadas ao planejar suas saídas também pode ser útil, pois essas ordens fecham automaticamente suas negociações.

Etapa 6: implemente e monitore seu plano de trading

Depois de terminar os preparativos iniciais, é hora de implementar seu plano de trading. A princípio, é melhor testá-lo em pequenas operações para ver se ele funciona no trading em condições reais. Se você não encontrar problemas, poderá usá-lo para negociações maiores.

Com planos de trading, é essencial manter-se fiel às regras que você estabeleceu para si mesmo. A negociação de criptomoedas é estressante e muitas vezes é difícil manter a cabeça fria ao lidar com mercados voláteis. Os planos de trading podem dar um norte e ajudá-lo a se concentrar em seus objetivos nessas situações. Mas isso só acontece se você seguir os planos sem permitir que suas emoções o distraiam.

Outra coisa a lembrar é que, mesmo que você coloque ordens de trading para fechar suas posições automaticamente, ainda é crucial monitorar suas negociações e o plano de trading. A negociação de criptomoedas é volátil e os saltos de preço podem ser extremos e passar por suas ordens sem acioná-las. Portanto, fique atento às suas negociações para garantir que tudo corra conforme o planejado.

Etapa 7: avalie e ajuste seu plano conforme necessário

Nada neste mundo é 100% perfeito. É perfeitamente possível pensar que está faltando algo em seu plano de trading inicial. Você sempre pode ajustá-lo ou desativá-lo totalmente e criar um novo plano. A escolha é sua, e a única coisa com a qual você precisa se preocupar é se o seu plano de trading está gerando lucro. Manter registros de suas operações é uma excelente maneira de analisar a eficiência do seu plano. Contanto que você se esforce para melhorar e continuar desenvolvendo suas habilidades, terá uma grande chance de se tornar um trader de sucesso.

Conclusão: os benefícios de um plano abrangente de trading de criptomoedas

A negociação de criptomoedas pode render altos lucros, mas também pode endividá-lo se você não for cuidadoso com suas negociações. Ter um plano de trading de criptomoeda pode ajudá-lo a melhorar suas habilidades de negociação, aprender a tomar decisões bem informadas, manter suas operações em ordem e seus lucros estáveis, e ensiná-lo a lidar com movimentos imprevisíveis do mercado. Não adie a criação de um plano de trading se quiser aproveitar ao máximo todas as oportunidades de negociação que encontrar.

  • 1255

Aviso de coleta de dados

A FBS mantém registros de seus dados para operar este site. Ao pressionar o botão “Aceitar“, você concorda com nossa Política de Privacidade.

Ligue de volta

Um gerente ligará para você em breve.

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Um gerente ligará para você em breve.

O próximo pedido de chamada para este número de telefone
estará disponível em

Se você tiver um problema urgente, por favor, fale conosco pelo
Chat ao vivo

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde

Não perca seu tempo. Acompanhe o impacto das NFP no dólar dos EUA e ganhe dinheiro!

Você está usando uma versão antiga de seu navegador.

Atualize para a versão mais recente ou experimente outro navegador para uma experiência comercial mais segura, confortável e produtiva.

Safari Chrome Firefox Opera