1. FBS corretora >
  2. Blog da FBS >
  3. O que é uma bolsa de valores?
2024-01-23 • Atualizado

O que é uma bolsa de valores?

cover_pt.png

Desvendar os segredos das bolsas de valores é a chave para o seu sucesso no trading! Essas potências financeiras não se tratam apenas de números e trades; elas são os motores que impulsionam os mercados globais. Aqui estão os pontos mais importantes que resumem os principais tópicos que abordaremos:

  • Definição e propósito: Aprender sobre as bolsas de valores revela como os ativos financeiros são negociados e o funcionamento básico dos mercados.
  • Ciclo de vida da empresa e IPOs: Demonstraremos a importância das ofertas públicas no levantamento de capital e como o comportamento do investidor influencia os preços das ações.
  • Regulamentação e requisitos: Compreender os requisitos da bolsa de valores é crucial tanto para empresas que desejam ser listadas quanto para investidores que desejam negociar ativos.
  • Principais participantes: Cada participante de uma bolsa de valores desempenha um papel único que impacta o trading global.
  • Tipos de bolsas de valores: Você aprenderá sobre os diferentes tipos de bolsas de valores e como elas moldam diretamente a natureza das transações.

O que é uma bolsa de valores?

Dado que as ações são um dos instrumentos de negociação mais populares entre investidores individuais e institucionais, compreender o que são as bolsas de valores pode levar a sua experiência de trading a um nível totalmente novo.

As bolsas de valores são mercados onde os traders podem comprar e vender ações, títulos, commodities e outros ativos. Ao contrário dos mercados de balcão, as bolsas de valores atuam como intermediárias entre investidores e empresas cujas ações são negociadas em bolsas.

No passado, todas as bolsas de valores eram espaços físicos, mas hoje, a maioria das bolsas modernas opera online no formato de plataformas de negociação eletrônica. As mais conhecidas entre elas são a NASDAQ, a bolsa de valores de Nova York (NYSE), a bolsa de valores de Londres (LSE), a bolsa de valores de Tóquio (JPX), entre várias outras. Embora ainda existam bolsas com pregões físicos, a tendência global favorece esmagadoramente o trade eletrônico e as plataformas digitais.

Como as bolsas de valores funcionam

As bolsas de valores permitem que traders e investidores comprem ou vendam títulos de empresas conhecidas.

No entanto, antes de poderem fazer isso, as ações que pretendem comprar devem primeiro ser apresentadas ao público. Para isso acontecer, as empresas realizam suas ofertas públicas iniciais (IPOs). É quando uma empresa emite ações para o público comprar pela primeira vez. O IPO é o que essencialmente transforma a empresa de propriedade privada em empresa de capital aberto. Os IPOs permitem que as empresas levantem capital para saldar dívidas, financiar novos desenvolvimentos, aumentar o reconhecimento da marca e assim por diante.

Após o IPO, os novos acionistas podem vender suas ações a outros membros do público através do mercado secundário, incluindo as bolsas de valores. É aí que ocorre o trading real. O preço das ações muda dependendo dos seus níveis de oferta e procura. Logo, o valor das ações aumentará se o público estiver interessado em possuir as ações de uma empresa.

As bolsas de valores também trabalham em estreita colaboração com as autoridades que regulam a negociação de valores mobiliários. Por isso, as bolsas de valores impõem limitações sobre quem pode negociar nelas e quais empresas podem ser listadas nas suas plataformas, proporcionando um ambiente justo, seguro e transparente para potenciais investidores.

Requisitos das bolsa de valores

Não é novidade que as bolsas de valores são estritamente regulamentadas e estabelecem padrões elevados para todos os participantes.

Para serem listadas em bolsa de valores, as empresas devem atender a determinados requisitos. Estas condições permitem que as bolsas de valores eliminem candidatos financeiramente inviáveis e reafirmem a sua própria transparência, segurança e reputação.

Em troca, as empresas listadas em bolsas de valores recebem:

  • maior reconhecimento da marca;
  • maior liquidez;
  • aumento da capitalização;
  • melhor reputação;
  • reconhecimento internacional.

Se as ações de uma empresa são negociadas em bolsa de valores, ela é automaticamente reconhecida como um negócio de sucesso, atraindo a atenção de investidores influentes. É por isso que tantas empresas pretendem que os seus títulos sejam listados em bolsas.

Ao mesmo tempo, as bolsas de valores também impõem uma série de requisitos para potenciais compradores e vendedores. Os traders individuais não podem acessar as bolsas de valores diretamente. Eles só podem fazer isso por meio de terceiros, como corretoras ou revendedores. Para acessar uma bolsa de valores, as corretoras devem ter licença válida, capital suficiente e ferramentas para garantir a segurança dos fundos de seus clientes.

Os requisitos rigorosos da bolsa de valores oferecem inúmeras vantagens. Quando os investidores confiam numa empresa, o preço das suas ações tende a aumentar, permitindo assim à empresa garantir maiores fundos para o seu crescimento e desenvolvimento. Um caso exemplar que ilustra este fenômeno é a notável trajetória de crescimento da Tesla, ilustrada no gráfico abaixo.

IMG1_pt.png

Principais participantes de uma bolsa de valores

Uma bolsa de valores comum inclui os seguintes participantes:

  • Corretoras. As corretoras na bolsa de valores são intermediários que ajudam os traders e investidores a comprar ou vender ativos por meio de uma bolsa. As corretoras recebem ordens de compra e venda de seus clientes e as executam sem interferir no funcionamento do mercado. Por seus serviços, as corretoras recebem uma comissão pelas transações financeiras que realizam.
  • Revendedores. Ao contrário das corretoras, os revendedores negociam ações para ganhar dinheiro para si próprios, em vez de para clientes específicos. Os revendedores buscam negociar com vendedores e compradores simultaneamente, publicando abertamente os seus preços bid e ask. A diferença entre eles — o spread — é como os revendedores ganham dinheiro nas bolsas de valores.
  • Formadores de mercado. Embora os formadores de mercado não sejam necessariamente membros separados das bolsas de valores, desempenham um papel importante no aumento da liquidez do mercado de ações. Os formadores de mercado são negociantes que compram e vendem grandes volumes de ações para criar mais oportunidades de trading, facilitando a negociação contínua.

Tipos de bolsas de valores

Existem muitas maneiras de organizar bolsas de valores. Vamos descobrir quais são as mais comuns no mercado de ações.

IMG2_pt.png

Bolsa de leilão

Uma bolsa de leilões é um mercado onde as transações são baseadas nos preços mais altos que os compradores estão dispostos a pagar por uma ação e nos preços mais baixos que os vendedores estão dispostos a aceitar pela mesma ação. Se o preço bid de um comprador e o preço ask de um vendedor corresponderem, suas ordens serão emparelhadas e executadas. Ao evitar negociações entre as partes, as bolsas de leilões agilizam o processo de trading, tornando ele o mais rápido e eficiente possível.

Outra coisa que vale a pena mencionar é que as bolsas de leilões às vezes são hospedadas em um local físico. Por exemplo, a bolsa de valores de Nova Iorque é um mercado de leilões em Wall Street que ainda utiliza o sistema de viva voz para abertura e encerramento de leilões. Neste sistema, os traders e investidores usam gritos, gestos com as mãos e outros sinais não-verbais para transmitir a sua intenção de comprar ou vender um título. Ainda assim, este método está sendo rapidamente substituído pela negociação eletrônica e poderá desaparecer completamente de todas as bolsas.

Bolsa eletrônica

As bolsas eletrônicas não requerem contato físico entre compradores e vendedores. Em vez disso, o sistema conecta automaticamente compradores e vendedores através de marketplaces online, muitas vezes resultando em transações quase instantâneas. As bolsas eletrônicas também ajudam os investidores a poupar dinheiro devido aos baixos custos de transação, outra razão pela qual este tipo de bolsa de valores quase substituiu o trading tradicional.

Rede de comunicação eletrônica (ECN)

Uma ECN é um tipo diferente de bolsa de valores. Ao contrário de outros tipos, as ECNs estabelecem ligações diretas entre compradores e vendedores e não requerem a presença de formadores de mercado. As ECNs pertencem a sistemas de trading alternativos e competem com as bolsas de valores tradicionais, o que ajuda a manter os custos de transação sob controle.

Embora algumas ECNs permitam que traders e investidores individuais negociem, este tipo de bolsa é utilizado principalmente por investidores institucionais que podem movimentar grandes somas de dinheiro.

Bolsas de valores: resumo

As bolsas de valores desempenham um papel essencial na economia e estimulam o processo de investimento. Garantem a transparência e a segurança das negociações, facilitam o desenvolvimento econômico, atraem investidores e mantêm a estabilidade do mercado de ações. Hoje em dia, traders e investidores podem acessar as bolsas de valores através de corretoras licenciadas a partir do conforto das suas casas, o que torna o mercado de ações um dos mercados financeiros mais líquidos do mundo.

Esperamos que o artigo tenha sido útil. E lembre-se, com a FBS, você pode acessar as principais bolsas do mundo e operar ações sem comissão!

  • 812

Aviso de coleta de dados

A FBS mantém registros de seus dados para operar este site. Ao pressionar o botão “Aceitar“, você concorda com nossa Política de Privacidade.

Ligue de volta

Um gerente ligará para você em breve.

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Um gerente ligará para você em breve.

O próximo pedido de chamada para este número de telefone
estará disponível em

Se você tiver um problema urgente, por favor, fale conosco pelo
Chat ao vivo

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde

Não perca seu tempo. Acompanhe o impacto das NFP no dólar dos EUA e ganhe dinheiro!

Você está usando uma versão antiga de seu navegador.

Atualize para a versão mais recente ou experimente outro navegador para uma experiência comercial mais segura, confortável e produtiva.

Safari Chrome Firefox Opera