Bitcoin

Bitcoin

O que é Bitcoin 

No final dos anos 90, o economista ganhador do Prêmio Nobel, Milton Friedman, previu o surgimento da moeda digital . Levou somente vinte anos para que uma pessoa desconhecida, usando o nome Satoshi Nakamoto, inventou o Bitcoin. Ele o descreveu como um “Sistema de Dinheiro Eletrônico Peer-to-Peer“. Ele segue as ideias definidas em um livro branco , o documento que criou o roteiro para o Bitcoin. Hoje, esta ainda é a mais simples e exata descrição.
Atualmente, Bitcoin é uma criptomoeda e sistema de pagamento digital mundial, também conhecida como a primeira moeda digital descentralizada, pois ela é mantida por seus usuários, sem autoridade central nem intermediários. Da perspectiva do usuário, Bitcoin nada mais é que um aplicativo móvel ou programa de computador que oferece uma carteira pessoal de Bitcoin e permite ao usuário enviar e receber Bitcoins com ela. É assim que o Bitcoin funciona para a maioria dos usuários.
No final de abril de 2017, o valor total de todos os Bitcoins existentes superou 20 bilhões de dólares dos EUA, com milhões de dólares de Bitcoins sendo comercializados diariamente. Sua popularidade está disparando porque ele resolve muitos dos problemas de outras formas de moedas. Ele foi criado e é mantido eletronicamente e pode ser usado para comprar bens e serviços ou transferir dinheiro em qualquer lugar no mundo. Bitcoin é a primeira moeda a ser globalmente aceita e não há casa de câmbio, não há mínimo, não há limites e não exige uma conta bancária. É por isso que o número de empresas e indivíduos utilizando Bitcoins está aumentando rapidamente. Isso inclui negócios presenciais, como restaurantes, apartamentos, escritórios de advocacia, além de serviços online populares.
Não há Bitcoins físicos, somente saldos mantidos em um registro público na nuvem e carteiras de papel que representam um documento que contém as informações armazenadas na carteira digital e cópias de chaves públicas e privadas. Bitcoins não são emitidos ou endossados por quaisquer bancos ou governos, e os Bitcoins individuais não têm valor de commodity. Apesar de não ser curso forçado , o Bitcoin está em alta popularidade e disparou o lançamento de outras moedas virtuais, coletivamente referidas como Altcoins . 2106 

EXPLICANDO Bitcoin 

Bitcoin ainda é um experimento de ponta em tecnologia e economia. É conhecido como dinheiro digital, criptomoeda , rede de pagamentos internacional, a internet do dinheiro – chame como quiser, mas Bitcoin é uma revolução que está mudando a forma como as pessoas veem e usam o dinheiro. 
Saldos em Bitcoin são mantidos utilizando "chaves" públicas e privadas, que são longas cadeias de números e letras ligados por meio do algoritmo matemático de criptografia  utilizado para criá-las. 
A chave privada, tal como seu nome sugere, é mantida em segredo e usada pelo dono para assinar qualquer arquivo digital sob seu nome. A chave pública, que é matematicamente relacionada à chave privada, verifica que o arquivo digital foi, de fato, assinado com a chave privada. Além disso, esta chave pública pode e deve ser compartilhada entre aqueles que desejam confirmar declarações de posse.

Como Funciona o Bitcoin

Bitcoin é uma moeda peer-to-peer  e roda em um sistema que lhe permite enviar e receber Bitcoins sem o envolvimento de terceiros. De maneira simples, moedas fiduciárias dependem de terceiros, como bancos ou sistemas de pagamento, como a Visa, para verificar a transação. É dessa foram que você garante que o pagamento enviado foi de fato recebido. No entanto, as transações Bitcoin são registradas em um livro público chamado de cadeia de blocos (blockchain) de Bitcoin. Essas informações são permanentes, visíveis publicamente e não podem ser editadas ou apagadas. Isso significa que os registros de transação funcionam como comprovantes de transação. O Bitcoin também é programado para ser não-duplicável, o que significa que gastar uma quantia duas vezes é altamente improvável.
Novos Bitcoin são gerados por um processo competitivo e descentralizado chamado "mineração". Este processo envolve indivíduos que são recompensados pela rede por seus serviços. Mineradores  de Bitcoin processam transações e asseguram a rede utilizando hardware especializado, coletando novos Bitcoins em troca. Basicamente, isso envolve resolver um complicado quebra-cabeça computacional para descobrir um novo bloco , que por sua vez é adicionado à cadeia de blocos , recebendo uma recompensa em forma de alguns Bitcoins. A recompensa do bloco era de 50 novos Bitcoins em 2009; ela diminui a cada quatro anos. 
O protocolo Bitcoin é feito de forma que novos Bitcoins são criados a uma taxa fixa. Isso torna a mineração de Bitcoin  um negócio muito competitivo. Quando mais mineradores se juntam à rede, torna-se progressivamente mais difícil ter um lucro e os mineradores devem buscar eficiência para cortar seus custos de operação.
O número de novos Bitcoins criados anualmente é automaticamente dividido pela metade ao longo do tempo, até que a emissão de Bitcoins cesse completamente com um total de 21 milhões de Bitcoins em existência. A essa altura, os mineradores de Bitcoin provavelmente sustentar-se-ão exclusivamente com várias pequenas tarifas de transação. 

Qual é o Valor do Bitcoin?

Como qualquer outra coisa, o preço do Bitcoin é determinado pelas leis da oferta e da procura. A oferta é limitada a 21 milhões de Bitcoins, logo, à medida que mais pessoas passam a usar Bitcoin, a procura aumenta e, junto com a oferta fixa, o preço é forçado a subir. Como o número de pessoas que usam Bitcoins no mundo ainda é relativamente pequeno, o preço do Bitcoin em termos de moedas tradicionais pode flutuar significativamente em escala diária, mas continuará subindo conforme mais pessoas comecem a utilizá-lo. Por exemplo, em abril de 2017, um Bitcoin valia $1223, um salto considerável em relação ao final de 2016, quando o valor era de cerca de $770. No futuro, se o Bitcoin se tornar verdadeiramente popular, cada Bitcoin terá que valor pelo menos centenas de milhares de dólares para acomodar esta procura adicional.
O preço do Bitcoin também é bem dependente do tamanho de sua rede de mineração, pois quanto maior a rede, mais difícil é – e consequentemente mais caro – produzir novos Bitcoins. Em função disso, o preço do Bitcoin deve aumentar porque seu custo de produção também sobe. O poder agregado da rede de mineração de Bitcoin mais que triplicou nos últimos doze meses.

Quem Inventou o Bitcoin?

A ideia do Bitcoin foi conceituada por Satoshi Nakamoto, um personagem anônimo. Em maio de 2008, ele compartilhou um livro branco sobre Bitcoin, uma criptomoeda peer-to-peer. Sem revelar sua identidade, Satoshi definiu como a moeda funcionaria: Bitcoins seriam ‘minerados‘ por softwares de computador, transferidos diretamente entre usuários e registrados em um livro à prova de adulterações, sem a necessidade de envolver terceiros.
Antes de Satoshi
Embora seja tentador acreditar na tese da mídia de que Satoshi Nakamoto seja um gênio solitário, quixótico que criou o Bitcoin do nada, tais inovações não acontecem em vácuo. Todas as principais descobertas científicas, não importa o quão originais tenham parecido, foram construídas em cima de pesquisas previamente existentes. Há antecessores do Bitcoin: Hashcash, de Adam Back, inventado em 1997, seguido pelo b-money de Wei Dai, bit-gold de Nick Szabo e o Reusable Proof of Work de Hal Finney. O próprio livro branco do Bitcoin cita Hashcash e b-money, além de vários outros trabalhos abrangendo diversos campos de pesquisa.

Investindo em Bitcoins

Há muitos apoiadores do Bitcoin que acreditam que a moeda digital é o futuro. Aqueles que o endossam são da opinião de que ele facilita um sistema de pagamento muito mais rápido e isento de tarifas para o mundo inteiro. Embora ele não seja endossado por qualquer governo ou banco central, o Bitcoin pode ser negociado por moedas tradicionais; aliás, sua taxa cambial frente ao dólar atrai potenciais investidores e traders interessados em jogadas de câmbio. De fato, uma das principais razões do crescimento de moedas digitais como o Bitcoin é que elas podem ser uma alternativa ao dinheiro fiduciário nacional e commodities  tradicionais como o ouro.
Em março de 2014, o IRS  (Receita Federal dos EUA) afirmou que todas as moedas virtuais, incluindo os Bitcoins, seriam taxadas como propriedades  em vez de moedas. Ganhos ou perdas com os Bitcoins tidos como capital  serão realizados como ganhos capitais  ou perdas capitais, enquanto Bitcoins tidos como inventário  acarretarão em ganhos ou perdas ordinários.

Maneiras de Ganhar Bitcoins

Recebendo em forma de Pagamento

Algumas pessoas são pagas em Bitcoins, ao invés de moedas em dinheiro. Se você possui uma loja física, basta mostrar uma placa dizendo “Aceitamos Bitcoin“ e muitos de seus clientes podem fazer isso valer a pena; as transações podem ser gerenciadas com o terminal de hardware necessário ou endereço de carteira por meio de códigos QR e aplicativos em tela touch. Um negócio online pode facilmente aceitar Bitcoins simplesmente acrescentando esta opção de pagamento às demais oferecidas, como cartões de crédito, PayPal, etc. Pagamentos online exigirão uma ferramenta de comerciante Bitcoin (um processador externo, como Coinbase ou BitPay). 

Pagamentos de Juros

Outra maneira de ganhar Bitcoins é emprestá-los e receber os empréstimos de volta na moeda. Emprestá-los pode ser feito de três formas: emprestando diretamente a alguém que você conhece; por meio de um site que facilita transações peer-to-peer, pareando emprestadores e tomadores de empréstimos; ou depositando Bitcoins em um banco virtual que ofereça uma certa taxa de juros para contas Bitcoin. São alguns desses sites: Bitbond , BitLendingClub  e BTCjam . 

Jogos de Azar

É possível jogar em cassinos que atendem a aficionados por Bitcoin, com opções como loterias online, bolões, spread betting e outros jogos. É claro que os prós, os contras e os riscos que se aplicam a qualquer tipo de jogo e aposta também valem neste caso.

Riscos ao se Investir em Bitcoins

Embora o Bitcoin não tenha sido feito para ser um investimento de patrimônio líquido normal (nenhuma ação foi emitida), alguns investidores especulativos foram atraídos ao dinheiro digital após a rápida apreciação do mesmo em maio de 2011 e novamente em novembro de 2013. Logo, muitas pessoas compram Bitcoins pelo seu valor de investimento, e não como um meio de troca . Mas a falta de valor garantido e a natureza digital significam que a compra e o uso de Bitcoins traz vários riscos inerentes. Muitos alertas para investidores foram emitidos pela SEC , a Comissão de Valores Mobiliários e Câmbio , pela FINRA , a Autoridade Reguladora da Indústria Financeira , pela CFPB , a Agência de Proteção Financeira ao Consumidor  e por outras agências.
O conceito de moeda virtual ainda é uma novidade e, comparado aos investimentos tradicionais, o Bitcoin não tem um registro a longo prazo ou histórico de credibilidade para endossá-lo. Com seu uso crescente, os Bitcoins estão ficando menos experimentais, dia após dia, é claro. No entanto, após oito anos, eles (como todas as moedas digitais) permanecem em fase de desenvolvimento, ainda em evolução. 
Em outras palavras, não é apropriado para os avessos a riscos. Se você está pensando em investir em Bitcoin, compreenda estes riscos de investimento:
Risco Regulatório: Bitcoins são rivais das moedas dos governos e podem ser usadas para transações de mercado negro, lavagem de dinheiro, atividades ilegais ou sonegação fiscal. Em função disso, governos podem vir a regulamentar, restringir ou banir o uso e a venda de Bitcoins, e alguns já fizeram isso. Outros estão criando várias regras. Por exemplo, em 2015, o Departamento de Serviços Financeiros do Estado de Nova York concluiu regulamentações  exigindo das empresas envolvidas na compra, venda, transferência ou armazenamento de Bitcoins que registrem a identidade de seus clientes, tenham um oficial de cumprimento de normas e mantenham reservas em capital. As transações avaliadas em $10000 ou quantia superior deverão ser registradas e relatadas.
Risco de Segurança: transações em Bitcoin são inteiramente digitais e, assim como qualquer sistema virtual, estão sujeitas a hackers, malware e falhas operacionais. Se um ladrão obtém acesso ao disco rígido do computador de um proprietário de Bitcoins e rouba sua chave de criptografia privada, ele pode transferir os Bitcoins roubados para outra conta. Os usuários podem impedir isso somente se os Bitcoins estiverem armazenados em um computador que não esteja conectado à Internet, ou se eles escolherem usar uma carteira de papel , imprimindo as chaves privadas e endereços dos Bitcoins em vez de mantê-los em um computador. Hackers também podem atacar transações em Bitcoin, obtendo acesso a milhares de contas e carteiras digitais  nas quais são armazenados Bitcoins. 
Risco de Seguro: alguns investimentos são segurados por meio da Securities Investor Protection Corporation . Contas bancárias comuns são seguradas por meio da Federal Deposit Insurance Corporation  (FDIC) até certa quantia, dependendo da jurisdição. Trocas e contas de Bitcoin não são seguradas por nenhum tipo de programa governamental ou federal.
Risco de Fraude: apesar do Bitcoin usar criptografia por chave privada para verificar proprietários e registrar transações, falsários e estelionatários podem tentar vender Bitcoins falsos. Por exemplo, em julho de 2013, a SEC tomou medidas judiciais contra um operador de um esquema Ponzi relacionado a Bitcoins.
Risco de Mercado: se menos pessoas passarem a aceitar o Bitcoin como moeda, essas unidades digitais podem perder parte de ou todo o seu valor. Já há muita competição e, mesmo o Bitcoin tendo uma enorme vantagem sobre as cerca de 100 outras moedas digitais que surgiram, graças ao reconhecimento de marca e o dinheiro de capital de risco , uma inovação tecnológica em forma de uma moeda virtual melhor é sempre uma ameaça.
Risco Fiscal: como o Bitcoin não pode ser incluído em qualquer conta de aposentadoria com vantagens fiscais , não há boas opções jurídicas para proteger os investimentos de taxação.
Voltar

2021-10-19 • Atualizado

Perguntas frequentes

  • Como abrir uma conta FBS?

    Clique no botão Abra uma Conta em nosso site e prossiga para a Área Pessoal. Passe pela verificação de perfil antes de começar a negociar: confirme seu e-mail e número de telefone e faça a verificação da sua identidade. Este procedimento garante a segurança do seu dinheiro e dos seus dados. Feito tudo isso, vá para a plataforma de negociação de sua preferência e comece a negociar.

  • Como sacar o dinheiro que você ganhou com a FBS?

    O procedimento é bem simples. Vá para a página de saques no site ou para a seção Finanças da Área Pessoal FBS e acesse a parte de saques. Você poderá retirar o dinheiro que ganhou por meio da mesma forma de pagamento utilizada para depositar. Se tiver abastecido sua conta por várias formas, saque seus lucros por essas mesmas formas e nas mesmas proporções dos valores depositados.

  • Como começar a negociar?

    Você pode se juntar à FBS e começar a sua jornada em FX se for maior de 18 anos. Para negociar, é necessário ter conta em uma corretora e conhecimento suficiente sobre como funcionam os ativos no mercado financeiro. Comece estudando o básico com os nossos materiais de formação grátis e crie uma conta na FBS. Convém testar o ambiente utilizando dinheiro virtual por meio de uma conta de demonstração (Demo). Quando estiver pronto, entre no mercado real e negocie para ter sucesso.

  • Como ativar o Bônus Level Up?

    Abra uma conta do Bônus Level Up na versão web ou móvel da Área Pessoal FBS e receba até US$140 grátis na sua conta.

Deposite com sistemas de pagamento locais

Jogue como um craque

Aviso de coleta de dados

A FBS mantém registros de seus dados para operar este site. Ao pressionar o botão “Aceitar“, você concorda com nossa Política de Privacidade.

Ligue de volta

Um gerente ligará para você em breve.

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Um gerente ligará para você em breve.

O próximo pedido de chamada para este número de telefone
estará disponível em

Se você tiver um problema urgente, por favor, fale conosco pelo
Chat ao vivo

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde

Não perca seu tempo. Acompanhe o impacto das NFP no dólar dos EUA e ganhe dinheiro!

Livro de Forex para Iniciantes

O livro de câmbio para iniciantes vai guiar você pelo mundo do trading.

Livro de Forex para Iniciantes

As coisas mais importantes para começar a negociar
Insira seu e-mail e nós vamos lhe mandar um guia Forex gratuito

Obrigado!

Nós enviamos um link especial para o seu e-mail.
Clique nesse link para confirmar seu endereço e receber um guia Forex para iniciantes gratuito.

Você está usando uma versão antiga de seu navegador.

Atualize para a versão mais recente ou experimente outro navegador para uma experiência comercial mais segura, confortável e produtiva.

Safari Chrome Firefox Opera