Capitalize

Capitalizar

Capitalização é um método contábil usado para reconhecer a despesa de um ativo de longo prazo em um determinado intervalo de tempo tipicamente definido pela vida útil deste ativo de longo prazo. Quando uma empresa decide capitalizar uma despesa, ela está reduzindo os gastos associados ao ativo em um dado intervalo ao espalhar o reconhecimento da despesa além da vida útil do ativo.

EXPLICANDO Capitalizar

Capitalizações e despesas são termos contábeis a se saber. Brevemente, se referem a como um custo é tratado nos extratos financeiros de uma empresa. Isso significa que as empresas têm duas opões ao adicionar um custo a sua declaração de renda. Elas podem tratá-lo como despesa ou capitalizá-lo.
Há exemplos de empresas que usaram a capitalização de despesas operacionais regulares contra procedimentos contábeis comuns, provavelmente para aumentar artificialmente seu fluxo de caixa operacional. Apesar disso poder influenciar os lucros a curto prazo da empresa, essa prática ilegal é geralmente exposta a longo prazo. É essencial separar os conceitos de capitalização e capitalização.
Empresas podem tipicamente capitalizar custos somente quando o recurso adquirido fornecer valor futuro, significando que os recursos são vantajosos para os negócios por mais de um ciclo operacional.
Assim, as despesas com a aquisição desses recursos são registradas por contadores como ativos no balanço patrimonial da empresa. Dessa forma, os custos aparecerão no balanço patrimonial nos próximos anos financeiros por meio de amortização ou depreciação.
As empresas devem também considerar capitalizar custos quando eles aumentam significativamente o valor de um recurso existente. Se a empresa atualiza parte das ferramentas, propriedades ou equipamentos utilizados de forma a aumentar diretamente o valor do ativo, ele pode ser capitalizado.

Exemplo de Capitalização

Vejamos um exemplo em que uma empresa comprou móveis de escritório para usá-los em um prédio. Foi uma grande compra e o custo total dos móveis foi de $84.000. Mediante recebimento dos móveis no prédio, a empresa pagou a fatura e o contador inseriu o gasto de $84.000 em uma conta de ativos chamada Work in Process (WIP), ou Trabalho em Andamento. Esta conta acumula todas as despesas destinadas a serem ativos de longo prazo, mas ainda não foram colocadas em uso e, consequentemente, ainda não podem ser capitalizadas.
Após a instalação dos móveis, o escritório está pronto para funcionar. Os ativos foram colocados em uso e o contador pode capitalizar o custo de $84.000 dos móveis em ativos de longo prazo no balanço patrimonial da empresa. A vida útil estimada dos móveis, conforme definido pela política da empresa e pelo código fiscal do IRS (Receita Federal dos EUA), é de 7 anos. Logo, a empresa deve reconhecer $1.000 por mês, ou (custo de $84.000 ÷ 7 anos) ÷ 12 meses. Este cálculo direto do custo capitalizado garantirá que a empresa reconheça uma quantia apropriada de despesa de depreciação a cada ano, não importa em qual mês os móveis foram empregados.
As empresas preferem capitalizar ativos porque isso reduz as despesas e aumenta a renda líquida, mesmo se o fluxo de caixa diminuir. Ao mesmo tempo, é incomum que as empresas despesem suprimentos de escritório e capitalizem computadores e carros.

Depreciação

Prédios, máquinas, equipamentos, móveis, luminárias, computadores, iluminação externa, estacionamentos, carros e caminhões são exemplos de ativos que durarão mais de um ano, mas não durarão indefinidamente. O processo de anular ou capitalizar tais ativos ao longo da vida útil é referido como depreciação, ou amortização para ativos intangíveis. Durante cada período contábil (ano, trimestre, mês, etc.), uma porção do custo desses ativos é usada, até que o valor total do ativo seja eliminado do balanço patrimonial. Na prática, a depreciação é a transferência de uma parcela do custo do ativo do balanço patrimonial para a declaração de renda durante cada ano da vida do ativo. A despesa de depreciação anual vem da renda líquida e é determinada com base na vida útil do ativo, o custo total e o valor residual do mesmo.

Depreciation

Buildings, machinery, equipment, furniture, fixtures, computers, outdoor lighting, parking lots, cars, and trucks are examples of assets that will last for more than one year, but will not last indefinitely. The process of writing off or capitalizing such assets over the useful life is referred to as depreciation, or amortization for intangible assets. During each accounting period (year, quarter, month, etc.) a portion of the cost of these assets is being used up until the full value of the asset is written off of the balance sheet. In effect depreciation is the transfer of a portion of the asset's cost from the balance sheet to the income statement during each year of the asset's life. The annual depreciation expense comes out of net income and is determined based on the useful life of the asset, the total cost of the asset and the salvage value of the asset.

Voltar

Deposite com sistemas de pagamento locais

Saiba mais

Ligue de volta

Um gerente ligará para você em breve.

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Um gerente ligará para você em breve.

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde

Livro de Forex para Iniciantes

O livro de câmbio para iniciantes vai guiar você pelo mundo do trading.

Livro de Forex para Iniciantes

As coisas mais importantes para começar a negociar
Insira seu e-mail e nós vamos lhe mandar um guia Forex gratuito

Obrigado!

Nós enviamos um link especial para o seu e-mail.
Clique nesse link para confirmar seu endereço e receber um guia Forex para iniciantes gratuito.

Você está usando uma versão antiga de seu navegador.

Atualize para a versão mais recente ou experimente outro navegador para uma experiência comercial mais segura, confortável e produtiva.

Safari Chrome Firefox Opera