Análises GBP/USD

Análises GBP/USD

GBP_USDDaily_06.png

Visão Fundamentalista:

O par está sendo negociado com poucas modificações, no lado positivo, em torno de 1.2950, nessa na quarta-feira (06), por conta das incertezas do acordo Brexit, e após uma boa recuperação do dólar americano em relação a libra britânica.

Após uma queda do preço para a região de 1,2925, no início do dia, o dólar deixou para trás o nível de suporte de 1,3000, que automaticamente passou a ser um nível de resistência imediato. Resistência essa que se mostrou bem forte em movimentos passados.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, deverá se reunir com o presidente da Comissão Europeia, Juncker, na quinta-feira (07), para discutir questões ligadas às fronteiras irlandesas, que é um grande obstáculo no processo legislativo do Brexit, e por que não dizer “ uma pedra no sapato” desse acordo.

Ainda falando em Theresa May, ela estabeleceu o prazo de 13 de fevereiro para renegociar o acordo Brexit, antes que o parlamento assuma o controle e, provavelmente, peça um adiamento do Brexit.

O PMI de janeiro, divulgado ontem (05), sugere uma desaceleração da atividade econômica no Reino Unido no início de 2019, refletindo a incerteza do Brexit.

O setor de serviços caiu abaixo da expectativa, com uma leitura de 50,1 em janeiro.

Visão Técnica:

O GBP / USD, mostra-se em movimento corretivo depois de quebrar o movimento de alta iniciado em dezembro de 2018.

No lado positivo do par, a região de 1.3000 tornou-se um ponto chave para os touros tentarem elevar e tentar a sua quebra, continuando o movimento ascendente, já visando a região de 1.3200, que foi a última máxima registrada no dia 15 de janeiro.

Já pelo lado negativo, os bons números da economia americana, que impulsionou o par, dando aos ursos o poder de quebrar o suporte na região de 1.3000, deixando-o para trás, tem como objetivo primário a quebra do suporte em 1.2930, de olho no preço de 1.2832.

Semelhante

Últimas notícias

Euro: inflação aumenta para 1,9%

A taxa anual de inflação na zona do euro aumentou para 1,9% em abril, de 1,5% registrado no mês anterior, de acordo com um relatório publicado pelo Eurostat na quarta-feira. Em toda a União Europeia, a inflação subiu para 2% em abril em comparação com 1,6% em março.

eur
EUA: Pedidos semanais de seguro-desemprego caem 10mil

Os pedidos iniciais de seguro desemprego para a semana que terminou em 02 de junho diminuiu em 10.000 e foi para 245.000 a partir do nível revisado da semana anterior de 255.000, informou nesta quinta-feira o Departamento do Trabalho dos EUA.

usd

Deposite com sistemas de pagamento locais

Ligue de volta

Um gerente ligará para você em breve.

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Um gerente ligará para você em breve.

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde

Livro de Forex para Iniciantes

As coisas mais importantes para começar a negociar
Insira seu e-mail e nós vamos lhe mandar um guia Forex gratuito

Obrigado!

Nós enviamos um link especial para o seu e-mail.
Clique nesse link para confirmar seu endereço e receber um guia Forex para iniciantes gratuito.

Você está usando uma versão antiga de seu navegador.

Atualize para a versão mais recente ou experimente outro navegador para uma experiência comercial mais segura, confortável e produtiva.

Safari Chrome Firefox Opera