Cúpula do G20

Cúpula do G20

g20 argentina.jpg

Após meses de uma pesada batalha comercial, o encontro entre os líderes americano e chinês talvez seja o mais importante do evento que ocorre na Argentina.

Os líderes mais poderosos do mundo se encontrarão nesta semana após meses de uma amarga batalha comercial. Resta saber se os próximos capítulos terão como desfecho a conciliação ou a desarmonia.

Donald Trump e Xi Jinping têm tido um relacionamento muito complicado. No ano passado, o presidente americano parecia ser aquele que buscava a aproximação, enquanto a China estava na posição de quem dava as cartas.

Tanto que, nesse período, Trump não chegou a culpar a China pelo superávit comercial com os EUA, atribuindo a situação - ou seja, o fato de que os americanos importaram mais do país asiático do que exportaram para lá - a gestões anteriores.

Em resposta, a China afirmou que reduziria as barreiras de entrada para estrangeiros em seu mercado interno para alguns setores, fazendo com que investidores de todo o mundo dessem um suspiro de alívio.

Mas, em 2018, o relacionamento entre as duas potências mudou radicalmente. Tarifas "de revanche" anunciadas em tuítes fomentaram uma guerra comercial que é, na verdade, uma ameaça mundial.

Os EUA têm preocupações legítimas sobre seu acesso ao mercado na China, segundo avaliação do Instituto Brookings, um centro de pesquisas sediado em Washington. Mas as tarifas sobre transações comerciais não são sempre o problema.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, concordou sábado (1º) em suspender durante 90 dias o seu plano de subir de 10% para 25% as tarifas americanas a produtos chineses no valor de US$ 200 bilhões, enquanto negocia com Pequim "mudanças estruturais" a sua política econômica.

O momento é de expectativas visando a reação do mercado a esse afrouxamento das tarifas americanas aos produtos chineses

Semelhante

Últimas notícias

Euro: inflação aumenta para 1,9%

A taxa anual de inflação na zona do euro aumentou para 1,9% em abril, de 1,5% registrado no mês anterior, de acordo com um relatório publicado pelo Eurostat na quarta-feira. Em toda a União Europeia, a inflação subiu para 2% em abril em comparação com 1,6% em março.

eur
EUA: Pedidos semanais de seguro-desemprego caem 10mil

Os pedidos iniciais de seguro desemprego para a semana que terminou em 02 de junho diminuiu em 10.000 e foi para 245.000 a partir do nível revisado da semana anterior de 255.000, informou nesta quinta-feira o Departamento do Trabalho dos EUA.

usd

Deposite com sistemas de pagamento locais

Ligue de volta

Um gerente ligará para você em breve.

Alterar número

Seu pedido foi aceito

Um gerente ligará para você em breve.

Erro interno. Por favor, tente novamente mais tarde

Livro de Forex para Iniciantes

As coisas mais importantes para começar a negociar
Insira seu e-mail e nós vamos lhe mandar um guia Forex gratuito

Obrigado!

Nós enviamos um link especial para o seu e-mail.
Clique nesse link para confirmar seu endereço e receber um guia Forex para iniciantes gratuito.

Você está usando uma versão antiga de seu navegador.

Atualize para a versão mais recente ou experimente outro navegador para uma experiência comercial mais segura, confortável e produtiva.

Safari Chrome Firefox Opera